Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rússia lança ataques com drones em Kiev, Dnipro, Kharkiv e Jytomyr

Ataques russos, com o uso de "drones suicidas" de fabrico iraniano mataram pelo menos oito pessoas, incluindo quatro em Kiev na segunda-feira, e atingiram instalações de energia em várias regiões do país.

Oleg Petrasyuk/EPA
Lusa 18 de Outubro de 2022 às 10:13
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A Ucrânia acusou a Rússia de bombardeamentos contra instalações em várias cidades do país, incluindo Kiev, um dia depois do ataque com aeronaves não tripuladas (drones) contra a capital.

"Instalações elétricas foram atingidas três vezes", na zona oriental de Kiev, disse Kyrylo Tymochenko, conselheiro do presidente da Ucrânia, através de uma mensagem difundida nas redes sociais.

O autarca da capital, Vitali Klitscko, disse que se registaram explosões no bairro de Desnyanskyi após o ataque contra "infraestruturas essenciais". 

De acordo com Tymochenko, ocorreram dois ataques contra infraestruturas elétricas na cidade de Dnipro e que "causaram grandes danos". 

Várias zonas da cidade de Dnipro "estão sem eletricidade", de acordo com as autoridades locais. 

Outros ataques das forças russas atingiram a cidade de Jytomyr, a oeste de Kiev, segundo o mesmo conselheiro do chefe de Estado ucraniano.

Serguii Soukhomline, presidente da Câmara de Jytomyr disse, entretanto, numa mensagem que difundiu nas redes sociais, que o abastecimento de água e de eletricidade foram cortados. 

Em Kharki, noroeste da Ucrânia, "uma instalação industrial" também foi atingida, de acordo com fontes da autarquia da segunda maior cidade do país.

"No espaço de cinco minutos ocorreram duas explosões na cidade", disse o presidente da Câmara de Kharki, Igor Terekhov. 

Ataques russos, com o uso de "drones suicidas" de fabrico iraniano mataram pelo menos oito pessoas, incluindo quatro em Kiev na segunda-feira, e atingiram instalações de energia em várias regiões do país.
Ver comentários
Saber mais Ucrânia Rússia distúrbios guerras e conflitos crises
Outras Notícias