União Europeia Crise dos refugiados dita derrota de Merkel nas regionais

Crise dos refugiados dita derrota de Merkel nas regionais

Três estados alemães foram a votos. Em dois, a CDU, de Merkel, perdeu o poder. No terceiro manteve, mas perdeu votos. Em todos o partido anti-imigração conquistou adeptos.
Crise dos refugiados dita derrota de Merkel nas regionais
Michael Dalder/Reuters
Negócios 13 de março de 2016 às 17:53
As sondagens à boca das urnas dão a derrota do partido de Angela Merkel em dois dos três estados alemães que foram este domingo, 13 de Março, a eleições. O partido anti-imigrantes - AfD (Alternativa para a Alemanha) foi quem ganhou o maior número de votos.

De acordo com a Reuters, a CDU de Merkel perdeu em Baden-Wüerttemberg e em Renânia-Palatinado, naquele que seria o pior cenário para a chanceler. Em Baden-Wüerttemberg ganhou o partidos dos Verdes, com 32,5%. A CDU conquistou 27,5%, de acordo com a sondagem da estação televisiva ZDF. Pior foram os resultados na Renânia-Palatinado, o Estado de Helmut Kohl. A CDU perdeu para o SPD, que ficou com 37,5% e a CDU 33%. 

A CDU manteve o poder no terceiro estado a votos, Saxónia-Anhalt, mas viu o AfD conquistar 21,5%, passando o SPD. A CDU ficou com 30,5%. 

Numas eleições em que a crise dos refugiados foi o centro da discussão o partido anti-imigração, o AfD - cujo vice-presidente é Joerg Meuthen (na foto) - ganhou apoios em todos os estados. O AfD conquistou 10-11% em Baden-Wüerttemberg e 12,5% na Renânia. 

(Notícia actualizada com mais dados às 19:45)



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI