Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Presidente do Bayern de Munique investigado por evasão fiscal

O presidente do clube Bayern de Munique, Uli Hoeness, aproveitou a possibilidade de obter perdão das autoridades por evasão fiscal admitindo dinheiro escondido e espera agora a decisão do Estado.

Maria Ribeiro 22 de Abril de 2013 às 11:45
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Uli Hoeness, antigo jogador internacional alemão e presidente do clube de futebol Bayern de Munique, está a ser investigado por evasão fiscal depois de se entregar em Janeiro às autoridades numa tentativa de obter perdão, de acordo com a Bloomberg.

 

Os procuradores de Munique estão a examinar se as declarações formais de Uli Hoeness foram “completas e válidas” de acordo com o porta-voz dos procuradores, Ken Heidenreich. A regra alemã concede apenas o perdão se as declarações forem “exaustivas”.

 

Hoeness, de 61 anos, fez fortuna no negócio de salsichas como fundador da HoWe Wurstwaren, e é o alemão mais proeminente à procura de clemência. Isto é possível por um curto período de tempo.

 

No ano passado os deputados alemães rejeitaram um tratado que punha fim à compra de dados sobre contas suíças para identificar fugas ao fisco. Hoeness entregou-se na expectativa de pagar a sua dívida e obter o perdão do Estado.

 

O clube que preside, Bayern de Munique, ainda não comentou o assunto nem o próprio presidente, segundo a Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais Bayern de Munich Uli Hoeness fisco Finanças evasão fiscal
Outras Notícias