Justiça Lisboa com mais radares e 120 câmaras de vigilância nos semáforos

Lisboa com mais radares e 120 câmaras de vigilância nos semáforos

O reforço de radares e a colocação de câmaras nos semáforos são medidas decididas pela autarquia lisboeta para reduzir a velocidade, avança o Diário de Notícias. O estacionamento em segunda fila também será mais vigiado.
Lisboa com mais radares e 120 câmaras de vigilância nos semáforos
Mariline Alves
Negócios 13 de abril de 2018 às 09:31

A Câmara de Lisboa vai avançar com um reforço de radares e espalhar 120 câmaras de vigilância pelos semáforos da capital. O objectivo será reduzir o excesso de velocidade e as multas que daí advêm. Os estacionamentos em segunda fila também vão começar a ser mais vigiados, diz o vereador Miguel Gaspar ao Diário de Notícias.

De acordo com a edição desta sexta-feira 13 de Abril, no ano passado foram passadas 156.244 multas por excesso de velocidade, o que perfaz uma média de 428 por dia. Este número é considerado excessivo pela autarquia, que espera que o reforço das medidas de vigilância tenha um efeito dissuasor e reduza as infracções e as multas.

O número de radares vai ser reforçado – embora não seja indicado para quanto – nomeadamente para zonas como a segunda circular, eixo norte-sul ou via Infante Santo, onde se registam os maiores excessos. Estes radares deverão ser precedidos de mensagens de aviso para os condutores, como "por favor abrande", explicou o vereador com o pelouro da mobilidade.

Os semáforos com câmaras de vigilância são outra prioridade, tendo a autarquia reservados cinco milhões de euros para este efeito, segundo o Diário de Notícias.

Por fim, a autarquia vai passar a vigiar mais os estacionamentos em segunda fila, uma intenção que será acompanhada de campanhas de sensibilização. 




pub