Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEDEAO aponta para moeda única africana em 2027

A moeda única dos Estados membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) estava prevista para este ano, mas a pandemia obrigou a adiar o projeto.

DR
Negócios jng@negocios.pt 20 de Junho de 2021 às 17:06
  • Partilhar artigo
  • ...
A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) aprovou um novo "road map" para o lançamento de uma moeda única nos 15 países do bloco em 2027.

Jean-Claude Kassi Brou, presidente da Comissão da CEDEAO anunciou sábado, em Accra, no Gana, a nova data para o projeto da moeda comum.

Em conferência de imprensa no âmbito da 59.ª assembleia ordinária da CEDEAO, Brou referiu que "devido ao choque da pandemia, os chefes de Estado decidiram suspender a implementação do pacto de convergência em 2020-2021".

"Temos um novo roteiro (road map) e um novo pacto de convergência que irá abranger o período de 2022 a 2026. E em 2027 iremos lançar o Eco [a moeda única da CEDEAO]", indicou.

A CEDEAO conta com 15 países: Benin, Burkina Faso, Cabo Verde, Costa do Marfim, Gâmbia, Gana, Guiné-Conacri, Guiné-Bissau, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa e Togo.
Ver comentários
Saber mais CEDEAO Jean-Claude Kassi Brou Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental Eco moeda única
Outras Notícias