Mundo Empresas portuguesas com via verde para a China

Empresas portuguesas com via verde para a China

Uma delegação da Zona de Comércio Livre de Tianjin, a quarta maior cidade da China, está em Portugal com a missão de atrair exportadores nacionais. Vinhos e azeite são produtos apetecidos.
Empresas portuguesas com via verde para a China
Bruno Simão
Negócios 20 de junho de 2018 às 18:49

Uma delegação da Zona de Comércio Livre de Tianjin, cidade situada no nordeste da China, está em Portugal com o objectivo de abrir uma "via verde" para as empresas portuguesas que queiram exportar para aquele país. Vinho, azeite, carne de porco e conservas são alguns dos sectores com os quais existem contactos avançados para a utilização da Zona de Comércio Livre de Tianjin.

A delegação chinesa, que estará em Portugal até sexta-feira, 22 de Junho, tem encontros previstos com o vice-presidente da Câmara de Cascais, Miguel Pinto Luz, e o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, e reuniões com grupos económicos.

Esta zona de comércio livre oferece um conjunto de vantagens. Entre elas contam-se a introdução do conceito de "balcão único" para o comércio internacional, circunstância que permite reduzir em 50% o tempo de permanência dos produtos nos processos alfandegários e diminuir os custos em cerca de 30%.

A Zona de Comércio Livre de Tianjin ocupa uma área de 120 quilómetros quadrados e dispõe de um aeroporto internacional, de um porto de águas profundas e um centro de negócios e financeiro. A cidade é a quarta maior da China, com cerca de 15 milhões de habitantes.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI