Política Costa já convocou reuniões com partidos de esquerda

Costa já convocou reuniões com partidos de esquerda

O primeiro-ministro espera ser indigitado esta terça-feira como primeiro-ministro e convocou possíveis parceiros para uma reunião na quarta-feira.
Costa já convocou reuniões com partidos de esquerda
Mário Cruz/Lusa
Diogo Barreto - Sábado 07 de outubro de 2019 às 23:46

António Costa quer reunir-se com os restantes partidos logo depois de ser indigitado como primeiro-ministro. A indigitação pode acontecer já esta terça-feira e o PS pode reunir-se logo no dia seguinte com os partidos que podem vir a ser escolhidos como parceiros.

O líder socialista terá mesmo já pedido uma reunião ao Bloco de Esquerda, à CDU, ao PAN e ao Livre, avançou o jornal Observador.

 

A delegação negocial do PS será constituída pelo próprio António Costa, o líder da bancada socialista Carlos César, Ana Catarina Mendes e Duarte Cordeiro.

Ao que apurou o jornal online, Pedro Nuno Santos, o negociador-mor da geringonça nos últimos quatro anos, estará de fora da mesa de negociações de quarta-feira. O ministro das Infraestruturas e da Habitação será substituído por quem lhe sucedeu no cargo de secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares: Duarte Cordeiro.

Será o PS a ir ao encontro dos partidos nas suas sedes, deixando o conforto do Largo do Rato para ir à casa dos partidos com quem poderá vir a procurar entendimentos. 

O Presidente da República fez saber esta segunda-feira que espera "ainda amanhã [terça], se for possível, receber em Belém o primeiro-ministro que vier a resultar, em termos de indigitação, da audição dos partidos". Marcelo vai começar a receber os partidos com assento parlamentar logo pelas 11h30 e vai continuar a ouvir os líderes até às 20h. Da parte da manhã serão ouvidos os novos partidos o Parlamento (Livre, Iniciativa Liberal e Chega) e após uma pausa para o almoço serão recebidos os seis partidos que já tinham assento parlamentar.

Ao contrário do que aconteceu há quatro anos, quando foi recebido por Cavaco Silva como "segundo classificado", desta vez Costa surge como o vencedor das eleições e vai já preparado para ser indigitado como primeiro-ministro.

Depois da vitória deste domingo, António Costa afirmou que gostava de voltar a ter uma Geringonça, talvez mais alargarda - com partidos como o PAN ou o Livre e não só com o Bloco e a CDU. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI