Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Jornal i: Governo nomeou quase mil pessoas em três meses

O Executivo de António Costa fica atrás do de Durão Barroso e dos dois de José Sócrates em nomeações para os gabinetes dos ministros nos primeiros três meses.

Três dias após a tomada de posse como primeiro-ministro, António Costa estreou-se em Bruxelas numa cimeira UE-Turquia sobre migrações, à margem da qual reafirmou o 'óbvio' compromisso de Portugal com a UE e as suas regras.
Yves Herman/Reuters
Negócios jng@negocios.pt 07 de Março de 2016 às 09:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

O Governo socialista efectuou 994 nomeações em três meses. Com a grande maioria dos nomeados (859) a irem para os gabinetes de ministros.

As contas são do jornal i desta segunda-feira, 7 de Março, e demonstram que o Governo de António Costa fica atrás do de Durão Barroso (866) e dos dois de José Sócrates (866 na primeira legislatura, 997 na segunda), tendo apenas em conta as nomeações para os gabinetes de ministros. Mas fica à frente do Executivo de Pedro Passos Coelho (750) e do de Pedro Santana Lopes (846) em dois meses e meio.

Os 60 membros do Governo – entre ministros e secretários de Estado – nomearam um total de 178 adjuntos, 177 assessores/consultores/especialistas, 190 administrativos/auxiliares, 127 secretários e 127 motoristas.

Desta forma, o gabinete do ministro da Defesa, Azeredo Lopes, é aquele que conta com mais nomeações: são 32 no total. Segue-se o do ministro das Finanças, Mário Centeno, com 27 nomeações no total.

Empatados no terceiro lugar surgem o primeiro-ministro, António Costa, e Manuel Caldeira Cabral, ministro da Economia, com 26 nomeações cada. Depois, surge a ministra da Administração Interna, Constança Sousa, com 25 nomeações.

Ver comentários
Saber mais Governo de António Costa José Sócrates José Sócrates Executivo de Passos Coelho Santana Lopes Governo política
Mais lidas
Outras Notícias