Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Scholz prepara-se para suceder a Merkel através de coligação com Verdes e liberais

Os líderes dos três partidos - SPD, Verdes e FDP - chegaram a acordo para uma coligação, quase dois meses após as eleições na Alemanha. Scholz deverá suceder a Angela Merkel, a chanceler durante os últimos 16 anos.

Reuters
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 24 de Novembro de 2021 às 11:00
  • Partilhar artigo
  • 4
  • ...
Há fumo branco para a coligação que permitirá formar o próximo Governo na Alemanha, quase dois meses após as eleições de 26 de setembro. Os líderes dos três partidos - os sociais democratas (SPD) de Olaf Scholz, os Verdes e ainda os liberais do FDP - anunciaram um acordo esta manhã.

Desta forma, Olaf Scholz deverá suceder a Angela Merkel no cargo de chanceler da Alemanha, após firmar uma aliança sem precedentes. 

Os detalhes desta coligação só serão conhecidos na tarde desta quarta-feira, quando os líderes dos partidos anunciarem publicamente as bases deste acordo. Segundo o Politico, o ponto final para a conclusão destas negociações terá sido dado ainda durante a manhã desta quarta-feira. As negociações têm decorrido de forma intensa ao longo das últimas semanas.

Este novo Governo deverá estabelecer a ação contra as ações climáticas como uma das prioridades, numa altura em que a transição climática é um tema quente na União Europeia.

O acordo poderá assegurar uma maioria no Parlamento, sendo expectável que a tomada de posse aconteça ainda no início de dezembro.

Mas, ainda antes de isso acontecer, é necessária luz verde por parte dos membros dos partidos. O SPD já terá marcado um encontro extraordinário para 4 de dezembro, enquanto o FDP terá planos para uma conferência de partido a 5 de dezembro, refere o Politico.

As eleições de setembro deram a vitória ao SPD de Scholz por uma curta margem, com 25,7% dos votos.
Ver comentários
Saber mais Alemanha política
Outras Notícias