Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Leyen e Michel criticam "ação unilateral" de Trump

A presidente da Comissão Europeia e o líder do Conselho Europeu divulgaram uma declaração conjunta em que lamentam a interdição decretada por Trump à entrada de europeus nos Estados Unidos.

Reuters
David Santiago dsantiago@negocios.pt 12 de Março de 2020 às 12:51
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A União Europeia lamenta e critica a decisão tomada por Donald Trump, lembrando que o novo coronavírus representa uma "crise global" que "exige cooperação em vez de ações unilaterais".

Em comunicado conjunto, Ursula von der Leyen e Charles Michel, respetivamente presidentes da Comissão Europeia e do Conselho Europeu criticam a interdição à entrada de cidadãos europeus nos Estados Unidos (exceto oriundos do Reino Unido) ontem decidida pelo presidente norte-americano.

"O coronavírus é uma crise global, não está confinada a nenhum continente e exige cooperação em vez de ações unilaterais. A UE desaprova o facto de a decisão dos EUA imporem restrições às viagens ter sido tomada unilateralmente e sem qualquer consulta", escrevem os altos responsáveis comunitários.

Von der Leyen e Michel salientam ainda que a UE está a adotar "ações enérgicas para limitar a propagação do vírus".

Ver comentários
Saber mais União Europeia Charles Michel Donald Trump Ursula von der Leyen Coronavírus
Outras Notícias