Saúde Quatro maiores hospitais de Lisboa fecham urgências para grávidas no verão

Quatro maiores hospitais de Lisboa fecham urgências para grávidas no verão

Maternidade Alfredo da Costa, Hospital de Santa Maria, São Francisco Xavier e Amadora-Sintra vão fechar o serviço de urgências para grávidas no verão por falta de obstetras e anestesistas. A solução encontrada para atenuar o problema é o fecho rotativo, revela o Público.
Quatro maiores hospitais de Lisboa fecham urgências para grávidas no verão
Negócios 20 de junho de 2019 às 09:38

As urgências de obstetrícia dos quatro maiores hospitais de Lisboa vão fechar no verão, revela o Público esta quinta-feira. Em causa está a falta de obstetras e anestesistas nestes quatro hospitais.

Da última semana de julho até ao final de setembro este serviço de urgências da Maternidade Alfredo da Costa e dos hospitais de Santa Maria, de São Francisco Xavier e de Amadora-Sintra terão falta de médicos, o que deverá levar ao seu encerramento.

 

A solução que foi encontrada, mas que ainda não está dada como certa, é os serviços fecharem num sistema de rotatividade, adianta a mesma publicação.

 

O jornal Público destaca o facto de a urgência obstétrica do Hospital de Santa Maria receber, em média, 80 grávidas por dia. Na Maternidade Alfredo da Costa chegam cerca de 100 pessoas diariamente e no São Francisco Xavier uma média de 70 mulheres por dia.




Marketing Automation certified by E-GOI