Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apenas 3.600 ex-precários do Estado aderiram à ADSE

O período extraordinário para os trabalhadores integrados no âmbito do PREVPAP se inscreverem na ADSE decorreu entre 8 de julho e 31 de dezembro.

A proposta de tabelas de preços do Conselho Diretivo ainda será analisada pelo Conselho Geral e de Supervisão, antes de voltar ao Governo.
Bruno Colaço
Negócios jng@negocios.pt 06 de Janeiro de 2021 às 09:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Houve 3.622 ex-precários do Estado a aproveitarem o período extraordinário de adesão à ADSE. O número foi avançado por esta entidade ao jornal Eco e corresponde às novas inscrições feitas por trabalhadores que constituíram novo vínculo de emprego público no âmbito do PREVPAP entre 8 de julho e 31 de dezembro do ano passado. Ou seja, no período especial aberto para a regularização de inscrições no subsistema de saúde dos funcionários públicos.

Os funcionários públicos tinham um prazo de inscrição no subsistema de saúde de até seis meses após o início da relação laboral com o Estado, o que levou a que parte dos trabalhadores vindos do programa de regularização extraordinária dos vínculos precários na Administração Pública (PREVPAP) tenham sido bloqueados devido à elevada burocracia e atrasos no processo. 

Nesse sentido, Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, anunciou no verão a abertura deste período excecional que foi agora usado por mais de 3.600 trabalhadores.
Ver comentários
Saber mais PREVPAP ADSE trabalho Administração Pública
Outras Notícias