Segurança Social Parlamento chumba descida da TSU

Parlamento chumba descida da TSU

A maioria dos deputados votou a favor da revogação do decreto-lei que estabelecia uma redução da TSU para os patrões e que estava em apreciação parlamentar esta quarta-feira.
Parlamento chumba descida da TSU
Miguel Baltazar/Negócios
Bruno Simões 25 de janeiro de 2017 às 17:51
A maioria dos deputados votou a favor da revogação do decreto-lei que estabelecia uma redução da TSU em 1,25 pontos para os patrões, que foi esta quarta-feira levado a apreciação parlamentar.

Bloco de Esquerda, Partido Comunista Português, Partido Social Democrata e "Os Verdes" votaram, como já tinham anunciado, a favor da rejeição da medida.

O PS foi o único partido que votou pela manutenção da descida da TSU. O CDS e o deputado do PAN abstiveram-se.

Resta agora a publicação em Diário da República da resolução que cessa a produção de efeitos da descida da TSU para que o fim da medida seja efectivo.

O decreto-lei do Governo entrava em vigor a 1 de Fevereiro. O Bloco de Esquerda agendou a votação da apreciação parlamentar do diploma para esta quarta-feira precisamente para evitar que a descida da TSU entrasse em vigor.

O Governo vai reunir-se com os patrões em São Bento às 18:30 para acertar as alternativas à descida da TSU. À saída do debate, o ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, recusou dizer quais serão as alternativas, adiantando que o Executivo vai agora "avaliar a situação" e "falar com os parceiros sociais". Só depois serão conhecidas as medidas que vão substituir a descida da TSU.

(Notícia actualizada às 18:04 com mais informação)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI