Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSA compra empresa de peças automóveis portuguesa B-Parts

O grupo PSA comprou a portuguesa B-Parts, especializada em peças automóveis reutilizadas.

#27 - Carlos Tavares
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O grupo PSA (Peugeot, Citroën e Opel) comprou a empresa portuguesa Amanhã Global, detentora da plataforma de comércio eletrónico de peças automóveis reutilizáveis B-Parts.com, informou esta quinta-feira o grupo liderado por Carlos Tavares.

A operação, realizada através da PSA Aftermarket, consiste na aquisição de uma participação maioritária no capital da Amanhã Global, cuja direção mantém-se em funções.

Segundo o comunicado, a aquisição da Amanhã Global, empresa fundada em 2015 e sediada no Porto, "visa completar a estratégia de conquista da PSA Aftermarket na economia circular, sustentada pelo objetivo de triplicar o volume de negócios até 2023".

A B-Parts é, refere a PSA, líder europeia no setor das peças automóveis reutilizadas (Reuse).

O grupo automóvel francês indica ainda que a B-Parts tem "um perímetro de atuação mundial e a sua atividade comercial está solidamente implantada em quinze países, tanto dirigida a clientes B2B [empresariais] como a clientes B2C [particulares]. 

Fonte oficial da PSA Portugal refere ao Negócios que o grupo liderado por Carlos Tavares torna-se o primeiro fabricante automóvel mundial a entrar no mercado de peças reutilizáveis, no âmbito da tendência de economia circular.

A PSA Aftermarket, que engloba os serviços pós-venda da fabricante francesa, aposta assim na área de reutilização de peças, juntando este segmento à reparação e reconstrução, os "3R" desta estratégia de economia circular.

"Esta aquisição da B-Parts reforça a ambição da PSA Aftermarket de triplicar o seu volume de negócios no domínio da economia circular, entre 2018 e 2023", frisa ainda o grupo automóvel.

"A B-Parts é líder europeia em peças usadas para automóveis. A aquisição por parte da PSA constitui um acordo altamente benéfico para ambas as partes, que nos permitirá alcançar uma nova dimensão: a PSA passa a ser o primeiro construtor a tomar uma posição no mercado de peças usadas, e a B-Parts ganha uma oportunidade única para aceder à vasta rede de clientes da PSA. Este acordo fortalece o modelo de negócio da B-Parts e vai permitir-nos acelerar o nosso desenvolvimento em áreas geográficas para além do mercado europeu. Este é o nosso objetivo comum para os próximos anos", referem Manuel Araújo Monteiro e Luís Sousa Vieira, diretores-gerais da Amanhã Global, citados no comunicado.

A B-Parts tem acordos com centros de abate em cinco países - Alemanha, Holanda, Lituânia, Espanha e Portugal - que lhes fornecem as peças que depois vende na plataforma eletrónica para clientes como oficinas, seguradoras e particulares em 65 países.

(notícia atualizada)

 

Ver comentários
Saber mais PSA Aftermarket B-Parts Peugeot Carlos Tavares Opel Citroën automóvel
Mais lidas
Outras Notícias