A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banco Montepio avança com fecho de 31 balcões

O banco liderado por Pedro Leitão vai ajustar o modelo de distribuição e reorganização da rede comercial, numa operação que vai levar ao encerramento de mais de 30 agências.

O Banco Montepio, liderado por Pedro Leitão, vai realizar uma assembleia-geral de acionistas no final do mês de junho.
Nuno Ferreira Santos/Público
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 23 de Junho de 2020 às 14:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
O Banco Montepio vai avançar com o encerramento de 31 balcões, num passo que o banco diz ser dado em resposta a um "novo ciclo". O objetivo do banco liderado por Pedro Leitão é acelerar a transição digital, ajustar o modelo de serviço e aumentar a eficiência.

"Desde o início do ano que o banco acelerou a implementação de um conjunto de processos digitais" que "possibilitam, à distância, manter e melhorar a relação entre os clientes e o banco, melhorando os níveis de serviço", começa por referir o banco, num comunicado enviado esta terça-feira.

 

Neste sentido, a instituição financeira diz que irá "implementar e combinar várias ações, tendo em conta as novas exigências e expectativas dos clientes e no sentido do reforço da sustentabilidade da operação". Entre estas está um ajustamento do "modelo de distribuição e reorganização da rede comercial, com a fusão de 31 balcões redundantes devido à sua proximidade geográfica, mas garantindo que continua a prestar os serviços bancários de proximidade às populações e a entregar o mesmo nível de serviço aos seus clientes". 

O banco irá ainda "robustecer o modelo de negócio, reforçando a aposta em produtos com maior valor acrescentado para o cliente", "acelerar a transição digital, tanto nos processos internos, como nas plataformas de relação com clientes" e "aumentar a eficiência, nomeadamente através da revisão dos processos e dos normativos internos". 

Além disso, pretende "implementar novos conceitos e novas formas de trabalhar que valorizem a colaboração e a flexibilidade, promovendo um maior equilíbrio entre a vida pessoal e profissional". 


"A dinâmica competitiva na banca alterou-se de forma substancial nos últimos anos", afirma Pedro Leitão, CEO do Montepio."A dinâmica da relação e as expectativas dos clientes sobre o serviço prestado evoluíram de forma acelerada, marcadas pela evolução tecnológica e pelo espaço ocupado pelo digital, onde os bancos têm sido 'followers'. É por estas razões e pelo atual contexto que o Banco Montepio está a acelerar a sua transição digital", remata.

Até ao final de março, a instituição financeira detida pela Associação Mutualista Montepio Geral tinha 328 balcões.

Ver comentários
Saber mais Montepio Pedro Leitão
Outras Notícias