Banca & Finanças BPI vai "analisar propostas" da Unitel para controlar BFA

BPI vai "analisar propostas" da Unitel para controlar BFA

O BPI já respondeu a Isabel dos Santos. A administração liderada por Fernando Ulrich promete "analisar" a proposta da Unitel para comprar 10% do BFA por 140 milhões, oferta que lhe garante o controlo da instituição angolana.
BPI vai "analisar propostas" da Unitel para controlar BFA
Miguel Baltazar
Maria João Gago 05 de janeiro de 2016 às 17:37
O BPI vai "analisar" a proposta da Unitel para comprar 10% do BFA e ficar com o controlo do banco angolano, como forma de resolver o problema do excesso de concentração de riscos em Angola, adiantou o banco liderado por Fernando Ulrich na carta enviada à empresa cujo controlo de gestão pertence a Isabel dos Santos.

"O conselho de administração do Banco BPI irá, agora, analisar as propostas apresentadas por V. Exas e transmitir-lhes-á a sua posição sobre as mesmas logo que a análise se encontre concluída", adianta a missiva datada de 5 de Janeiro e que o banco publicou no site da CMVM.

 

Na carta, assinada por Fernando Ulrich e José Amaral, o BPI justifica ainda as razões porque, em Outubro último, não aceitou outras alternativas apresentadas pela Unitel. A administração do banco "concluiu que nenhuma delas se apresentava como meio adequado para resolver a questão da ultrapassagem do limite dos grandes riscos para a qual o banco tem de encontrar uma solução dentro do prazo que para o efeito se encontra definido pelo BCE".

 

Esta apreciação é feita tanto para a opção que implicava uma cisão económica simples (do BFA ou dos activos africanos), que implicaria uma recomposição accionista, como para a alternativa que previa a realização de uma oferta inicial de venda (IPO, na sigla inglesa) do BFA.

Sobre a proposta da Unitel para adquirir 10% do BFA por 140 milhões de euros, o BPI não faz qualquer consideração, referindo apenas que "irá analisá-la". Fica ainda subtendido que esta oferta foi a primeira "proposta firme", uma vez que Ulrich revela que anteriormente tinha "tomado conhecimento da manifestação de interesse apresentada pela HoldFinance".



(Notícia actualizada às 17:56)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI