Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Corrida aos bancos leva Grécia a pedir aumento da linha de emergência ao BCE

Os gregos voltaram a levantar quantias elevadas dos bancos, o que obrigou o banco central a pedir um aumento da linha de assistência de emergência.

33 Grécia
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 23 de Março de 2017 às 16:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O Banco Central Europeu (BCE) não se opôs ao pedido do Banco da Grécia para aumentar a linha de assistência de emergência (ELA, na sigla em inglês) para 46,6 mil milhões de euros, revelou a entidade em comunicado, citado pela Bloomberg.

 

O aumento foi de 400 milhões de euros e "reflecte os desenvolvimentos da situação de liquidez dos bancos gregos, tendo em consideração os fluxos dos depósitos do sector privado", explica o banco central grego, citado pela agência de informação americana.

 

Os levantamentos por parte dos gregos só este ano ascendem a 3,6 mil milhões de euros, segundo uma fonte próxima do assunto.

 

A contribuir para esta nova corrida aos bancos está o novo impasse nas negociações entre os credores e Atenas, que estará a levar os cidadãos gregos a desviarem as suas poupanças de instituições da Grécia para entidades estrangeiras, adianta a mesma fonte, citada pela Bloomberg.

 

Os bancos gregos estão dependentes desta linha de financiamento desde Fevereiro de 2015, altura em que o BCE decidiu cortar o financiamento normal ao sistema financeiro da Grécia, uma decisão que surgiu poucos dias depois de o Syriza ter vencido as eleições legislativas.

Ver comentários
Saber mais Grécia ELA bancos gregos Atenas
Outras Notícias