Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EuroBic: Isabel dos Santos continua disponível para vender posição no banco

O banco liderado por Teixeira dos Santos diz ter sido informado esta terça-feira de que as negociações que estavam em curso entre alguns dos seus acionistas e o Abanca terminaram sem sucesso. Já o Abanca diz ter sido "forçado a desistir da operação".

David Martins/Correio da Manhã
Rita Atalaia ritaatalaia@negocios.pt 16 de Junho de 2020 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O Abanca desistiu de comprar o EuroBic. Isto porque, justifica o banco, as "condições acordadas para o referido objetivo não foram cumpridas". Já o EuroBic garante que Isabel dos Santos continua disponível para vender a sua participação no banco liderado por Teixeira dos Santos. Isto mesmo depois de o Abanca ter decidido deixar cair a operação para ficar com 95% da instituição financeira. 

Foi esta terça-feira, 16 de junho, que o Eco avançou - uma informação depois confirmada pelo Negócios - que os galegos do Abanco iriam deixar o cair o negócio de compra do EuroBic, depois de vários meses de negociação. Uma decisão que foi agora confirmada por ambas as partes. 

"O Abanca comunica que, apesar de ter dedicado esforços e recursos significativos à aquisição de 95% do banco português EuroBic, foi forçado hoje a desistir da operação, uma vez que as condições acordadas para o referido objetivo não foram cumpridas", afirmou o banco num comunicado enviado às redações, notando que o acordo estava sujeito a determinadas condições. A decisão foi comunicada ao EuroBic e ao Banco de Portugal. 

Apesar desta decisão, a instituição financeira diz que "continuará a analisar potenciais operações de aquisição que fomentem sinergias ao seu projeto em Portugal".

Já o EuroBic disse, num comunicado separado, ter sido "hoje informado de que as negociações que estavam em curso entre alguns dos seus acionistas e o Abanca, tendentes à transmissão das ações representativas de 95% do seu capital social, terminaram sem sucesso". "Não obstante o termo das negociações, sem sucesso, a Administração do EuroBic congratula-se com o facto de o Abanca ter apresentado uma proposta de aquisição após uma profunda análise realizada ao Banco e mesmo no contexto da crise provocada pela covid-19", acrescenta.


O banco adianta ainda que "Isabel dos Santos informou que continua disponível para alienar as suas participações indiretas representativas de 42,5% no capital do EuroBic, e os restantes acionistas, titulares de 57,5% do capital do Banco, informaram que mantêm em aberto todas as hipóteses de reconfiguração da estrutura acionista do banco, quer através da aquisição das participações indiretamente detidas pela Senhora Engª Isabel dos Santos, quer através da venda, por justo valor, das suas ações, total ou parcialmente a terceiros". 

E deixa uma garantia: "a administração do EuroBic continuará, como até aqui, a assegurar a gestão sã e prudente do banco", salientando que "cumpre consistentemente os rácios prudenciais aplicáveis".

Já o Banco de Portugal disse, já esta quarta-feira, 17 de junho, ter sido "informado que terminaram as negociações tendo em vista a aquisição pelo Abanca da maioria do capital do EuroBic, por não ter sido possível alcançar um acordo entre as partes quanto às condições da transação". 

Esta transação, refere, "permitiria operar uma alteração na estrutura acionista do EuroBic, num contexto em que um dos acionistas de referência tem, como é público, as ações sob arresto e, consequentemente, está impedido de exercer os respetivos direitos de voto". 

"Não obstante, os demais acionistas, titulares de 57,5% do capital, mantêm o exercício pleno dos seus direitos, sendo responsáveis por assegurar que o EuroBic continua a desenvolver normalmente a sua atividade - que o Banco de Portugal continuará a acompanhar - em cumprimento do quadro legal e regulamentar aplicável", remata o regulador.


(Notícia atualizada com o comunicado do BdP.)
Ver comentários
Saber mais EuroBic Teixeira dos Santos Isabel dos Santos Abanca
Outras Notícias