Banca & Finanças Intermediários financeiros têm 15 dias para manifestar à IFD interesse em financiar PME

Intermediários financeiros têm 15 dias para manifestar à IFD interesse em financiar PME

A Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD), conhecida como banco de fomento, dá a partir desta segunda-feira 15 dias aos intermediários financeiros para manifestarem interesse em canalizar fundos europeus e co-financiar empresas, segundo um aviso publicado.
Intermediários financeiros têm 15 dias para manifestar à IFD interesse em financiar PME
Reuters
Lusa 26 de março de 2018 às 15:25
Bruxelas aprovou a criação e capitalização da IFD em Outubro de 2014 e, em Agosto do ano passado, alterou os estatutos do banco de fomento dando-lhe novos poderes para apoiar as pequenas e médias empresas (PME) nacionais a colmatar as insuficiências de financiamento do mercado.

A utilização destas dotações destina-se ao financiamento de subprojectos desenvolvidos pelas PME e que vão ser co-financiados pelos intermediários financeiros - bancos, caixas económicas e a Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e caixas de crédito agrícola mútuo - mediante a canalização dos fundos obtidos pelo banco do fomento, nomeadamente junto do Banco Europeu de Investimento (BEI).

"O presente aviso destina-se à abertura do período de manifestação de interesse", explica a IFD no aviso publicado esta segunda-feira, 26 de Março, em Diário da República, fixando o período inicial para os intermediários financeiros manifestarem interesse "em 15 dias após publicação" do aviso.

Mas, ressalva o aviso, "os interessados que não manifestem o seu interesse poderão fazê-lo posteriormente", adiantando que o período subsequente de manifestação de interesse se mantém em aberto pelo prazo de quatro anos ou até comunicação em contrário pela IFD.

A IFD já recebeu a primeira tranche de 100 milhões de euros de um empréstimo de 250 milhões de euros do BEI para apoiar financiamento estrutural das empresas.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI