Banca & Finanças Pedro Rebelo de Sousa vai liderar AG do BCP

Pedro Rebelo de Sousa vai liderar AG do BCP

O advogado Pedro Rebelo de Sousa deverá ser eleito presidente da mesa da assembleia-geral do BCP na próxima reunião de accionistas, convocada para 10 de Maio. A AG servirá ainda para confirmar nomeação dos administradores indicados pela Fosun.
Pedro Rebelo de Sousa vai liderar AG do BCP
Miguel Baltazar
Maria João Gago 10 de abril de 2017 às 19:26

Pedro Rebelo de Sousa será o próximo presidente da mesa da assembleia-geral do BCP, caso a sua eleição seja aprovada na próxima reunião de accionistas do banco, que acaba de ser convocada para 10 de Maio. O advogado, irmão do Presidente da República, irá substituir o jurista António Menezes Cordeiro, que liderava a AG do banco desde a guerra accionista de 2007, nos próximos três anos.

Além de ser fundador e sócio da Sociedade Rebelo de Sousa & Advogados, o futuro líder da AG do BCP aceitou ser administrador não executivo do Haitong Bank, aguardando ainda a autorização do Banco Central Europeu. O advogado é também administrador não executivo da Cimpor e ocupa outros cargos não executivos em empresas como a Novabase e o grupo Sumolis. 

 

De acordo com a convocatória publicada esta segunda-feira, 10 de Abril, no site da CMVM, a reunião servirá ainda para aprovar as contas do ano passado, em que o BCP teve lucros de 23,9 milhões de euros, a confirmar a cooptação de dois administradores indicados pela Fosun. O grupo chinês que passou a ser o maior accionista do banco, depois do aumento de capital do início deste ano, escolheu João Nuno Palma, antigo administrador financeiro da CGD, para gestor executivo, e LinJiang Xu, da Fosun, para não executivo.

 

O encontro de accionistas destina-se ainda a avaliar o desempenho dos órgãos sociais e a aprovar a proposta de aplicação de resultados, como é habitual nas AG anuais.



(Notícia actualizada às 19:33)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI