Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Paulo Azevedo e a ameaça Mercadona: "No retalho alimentar, foram mais as invasões francesas"

A entrada da rede espanhola de supermercados Mercadona em Portugal não atemoriza a Sonae: "Temos muita experiência nestas lutas e desafios. Estamos preparados", afirmou Paulo Azevedo.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 21 de Março de 2019 às 13:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

O tema é incontornável: como é que a Sonae, com a sua rede de hipermercados Continente, encara a chegada a Portugal de um novo concorrente - a espanhola Mercadona?

 

"Estamos muito habitados a gigantes bem maiores, franceses e alemães. No retalho alimentar, foram mais invasões franceses", começou por gracejar Paulo Azevedo, esta quinta-feira, na apresentação das contas de 2018 do grupo.

 

Manifestando "respeito" pelos "grandes operadores", atirou: "Estamos preparados e também muito confiantes. Porque temos muita experiência nestas lutas e desafios. O espanhol não é mais ameaçador do que o francês ou alemão", afirmou o co-CEO da Sonae.

 

A Mercadona "é um operador competente como os outros gigantes que vieram desafiar-nos no nosso território e nós soubemos tomar conta deles", rematou Paulo Azevedo.

 

O grupo de supermercados espanhol anunciou recentemente que tem como objetivo abrir, pelo menos, 150 lojas em Portugal, tendo marcado para 2 de julho próximo a inauguração da sua primeira unidade no nosso país, em Canidelo, Vila Nova de Gaia.

 

Ver comentários
Saber mais Continente Mercadona Paulo Azevedo Sonae
Mais lidas
Outras Notícias