Empresas Sonae Sierra estagna lucros nos 110 milhões

Sonae Sierra estagna lucros nos 110 milhões

O braço imobiliário da Sonae procedeu a várias operações de venda e aquisição em 2018. O balanço final é neutro, tendo a empresa conseguido apenas mais 100.000 euros nos lucros comparativamente ao exercício anterior.
Sonae Sierra estagna lucros nos 110 milhões
DR
Ana Batalha Oliveira 21 de março de 2019 às 10:57

Os lucros apresentados pela Sonae Sierra para o ano de 2018 foram de 110 milhões de euros, apenas 100.000 euros acima daqueles obtidos no exercício anterior.

 

Apesar de o resultado líquido não ter crescido, o EBIT (resultados operacionais) aumentou, "refletindo a melhoria no desempenho do portefólio na Europa e no Brasil, bem como a melhoria no desempenho da área de serviços", lê-se no comunicado enviado às redações.

Enquanto os proveitos decorrentes das propriedades aumentaram 1% para 88,7 milhões, nos serviços o salto foi de 11%, para os 19 milhões. Excluindo a venda de ativos em 2017 e a desvalorização do real brasileiro, para termos comparativos, o EBIT cresceu 5,5% em 2018, afirma ainda a empresa.

 

Na Europa, o crescimento das vendas dos lojistas ficou pouco acima dos 2% face ao ano anterior, mas em Espanha e na Roménia evoluíram a dois dígitos: mais 10,8% e 11,5%, respetivamente.

 

As expansões custaram 165 milhões de euros à Sonae Sierra. Como exemplos houve "a do NorteShopping, o desenvolvimento de dois outlets centres em Espanha e na Grécia, e a construção de um novo centro comercial na Colômbia (na foto), que abriu em fevereiro de 2019", realça a empresa no comunicado.

 

"Em 2019, a Sonae Sierra irá manter a sua atividade de reciclagem de capital de forma seletiva, prosseguindo também uma estratégia de crescimento de longo prazo dos seus ativos mais maduros na Península Ibérica e focando-se no fortalecimento da sua presença internacional", perspetiva a empresa.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI