Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Bulo da Musgueira" prometeu 25 bolas e rende 35 milhões

Renato Sanches é a quinta contratação mais cara da história do Bayern de Munique, que se antecipou à concorrência pelo futebolista que se estreou há apenas seis meses na equipa principal do Benfica.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 10 de Maio de 2016 às 14:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Trinta jogos, dois golos, uma assistência e o "pulmão" da recuperação do Benfica no campeonato português. Em apenas seis meses na equipa principal dos encarnados, foi este o pecúlio no campeonato e na Liga dos Campeões que convenceu o Bayern Munique a pagar 35 milhões de euros pelo jovem futebolista Renato Sanches, num negócio assessorado pela firma de advogados Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva.

 

A quinta contratação mais cara da história do emblema da Baviera, depois de Arturo Vidal, Javi Martínez, Mario Götze e Matt Hummels, nasceu a 18 de Agosto de 1997 em Lisboa. De ascendência cabo-verdiana, foi criado pela mãe Maria Luz e começou a jogar futebol no Águias da Musgueira, tendo-se transferido em 2006 para as camadas jovens do Benfica a troco de 750 euros e a promessa de 25 bolas de futebol para o clube dos arredores da capital.

Nessa altura, o Sporting também esteve interessado na sua contratação, mas o agora reforço bávaro – renderá mais alguns milhões se ganhar a Bola de Ouro ou fizer parte da equipa do ano da FIFA – acabou mesmo por mudar a residência para o centro de estágios do Seixal. Os olheiros benfiquistas não precisaram de mais de 15 minutos para recomendar a contratação de "Bulo", como é tratado pelos amigos. Fã de basquetebol e dos LA Lakers, o jogador representado pelo agente Jorge Mendes tem uma presença regular nas redes sociais, sobretudo com a publicação de fotografias no Instagram.

 

"É bom menino, mas era malandro. Fugia, dizia que não queria jogar. Não o deixei desistir. Nem quando me disse que não queria ir para o Benfica. Receava a distância para o Seixal. Mas foi. Ainda bem. Se não tem ido, não sei o que seria dele". Foi assim que a 30 de Outubro de 2015, no dia da estreia pela equipa principal do Benfica, o presidente do Águias da Musgueira, António da Silva Quadros, o recordou ao jornal Record

Numa reportagem publicada em Dezembro, a Sport TV mostrou as raízes deste jogador, que passou a ser a sexta maior transferência do futebol português.

 

 

O primeiro golo, marcado à Académica, surgiu pouco mais de um mês após a estreia na liga portuguesa, na goleada ao Tondela infligida no estádio de Aveiro. A primeira vez que pisou os palcos da Liga dos Campeões foi em Astana, no Cazaquistão, e as suas actuações no meio-campo da equipa comandada por Rui Vitória valeram a assinatura de um contrato até 2021 com uma cláusula de rescisão de 80 milhões de euros.

Benfica fez um bom negócio com a venda de Renato Sanches?

Internacional português desde que a 16 de Março o seleccionador Fernando Santos o convocou e meteu a jogar num jogo amigável frente à Bulgária, ao longo dos últimos seis meses Renato Sanches ocupou várias primeiras páginas nos jornais desportivos portugueses e estrangeiros. Sobretudo em Inglaterra, onde o The Guardian dá grande destaque à contratação, e foram insistentes as notícias do interesse e da contratação iminente por parte do Manchester United.

 

Apesar de também Real Madrid e Barcelona seguirem o futebolista português de 18 anos, como recorda o diário espanhol As, foi da ilha britânica que, poucos minutos após o anúncio da contratação por parte dos clubes português e alemão, surgiram nas redes sociais várias referências a mais este falhanço dos "diabos vermelhos" no mercado de transferências. É o caso desta publicação, que brinca com a possível desilusão do treinador Louis van Gaal.

Ver comentários
Saber mais Renato Sanches Benfica Bayern de Munique futebol desporto contratação Águias da Musgueira Manchester United
Mais lidas
Outras Notícias