Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bundesliga regista 4 mil milhões de euros em receitas. É um recorde histórico

Os 18 clubes que compõem a primeira liga de futebol alemã registaram, ao todo, 4 mil milhões de euros em receitas na época passada, pela primeira vez. É a décima quinta temporada seguida a registar recordes.

4.º Bayern Munique - 629,2 milhões de euros
reuters
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 19 de Fevereiro de 2020 às 09:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Os clubes da primeira divisão de futebol da Alemanha registaram um aumento de 5,4% nas receitas para os 4 mil milhões de euros na época passada, o que representa um recorde para as equipas germânicas, segundo a Liga de futebol do país (DFL, na sigla em inglês).

Esta é a décima quinta época consecutiva a bater recordes nas receitas entre os clubes da Bundesliga, uma das ligas de futebol mais populares do mundo. Na época passada registou um total de 13,3 milhões de espectadores em todos os estádios e uma ocupação média de 43 mil pessoas por jogo, segundo os dados do Transfermarket, um número apenas ultrapassado na época anterior (43.879). 

Estes números de assistência nos estádios foram apenas superados pela Premier League, a primeira divisão inglesa, em que o número total de pessoas a assistir aos jogos se fixou nos 14,5 milhões. Em terceiro lugar ficou a La Liga, primeira divisão espanhola, com 10,2 milhões de adeptos.

Para além da presença assídua e bem distribuída dos adeptos pelos 18 estádios da primeira liga alemã, a venda de jogadores foi o fator que mais contribuiu para este valor recorde. Nesta campo são de realçar as vendas dos avançados Luka Jovic e Sébastien Haller do Eintracht Frankfurt para o Real Madrid (60 milhões de euros) e West Ham (40 milhões de euros) e do defesa Mats Hummels do Bayern Munique para o Borussia Dortmund (35 milhões de euros).

Para além da subida na primeira liga germânica, registou-se um aumento, ainda mais acentuado, na Bundesliga 2, a segunda divisão, onde as receitas cresceram 28,5% para os 782 milhões de euros, também um recorde histórico. 

As restantes receitas vieram do "crescimento com as inovações digitais e na frente internacional", segundo o presidente executivo da DFL, Christian Seifert.

Os clubes germânicos das duas primeiras divisões alemãs pagaram no total um recorde de 1,4 mil milhões de euros em impostos durante a última época. Dos 36 clubes que compõem a Bundesliga e a Bundesliga 2, quase todos (28) terminaram a temporada com um saldo positivo. 
Ver comentários
Saber mais Bundesliga Liga Alemanha DFL desporto futebol
Mais lidas
Outras Notícias