Desporto Dia 11: Nelson Évora e Fernando Pimenta fora do pódio

Dia 11: Nelson Évora e Fernando Pimenta fora do pódio

Nelson Évora e Fernando Pimenta não conseguiram conquistar qualquer medalha nos Jogos Olímpicos de 2016. Acompanhe as prestações dos portugueses.
Dia 11: Nelson Évora e Fernando Pimenta fora do pódio
Comité Olímpico de Portugal
Sara Antunes Lusa 16 de agosto de 2016 às 11:00

16 de agosto de 2016 às 16:28 Luciana Diniz na terceira ronda de qualificação, após percurso limpo

16 de agosto de 2016 às 15:18 Marta Onofre e Leonor Tavares fora da final do salto com vara

16 de agosto de 2016 às 15:02 Nelson Évora fora do pódio

16 de agosto de 2016 às 14:49 Nelson Évora falha segundo salto

16 de agosto de 2016 às 14:44 Nelson Évora falha salto

16 de agosto de 2016 às 16:28
Luciana Diniz na terceira ronda de qualificação, após percurso limpo

A cavaleira Luciana Diniz garantiu um lugar na terceira ronda de qualificação da prova de saltos de obstáculos dos Jogos Olímpicos Rio2016, ao conseguir um percurso sem penalizações.

Depois dos oito pontos de penalização no primeiro percurso, Luciana Diniz realizou hoje um percurso limpo, que lhe garantiu o apuramento, numa altura em que muitos competidores ainda não iniciaram a prova.

A terceira ronda de qualificação realiza-se quarta-feira, a partir das 10:00 locais (14:00 em Lisboa).

16 de agosto de 2016 às 15:18
Marta Onofre e Leonor Tavares fora da final do salto com vara

As portuguesas Marta Onofre e Maria Leonor Tavares ficaram fora da final do salto com vara dos Jogos Olímpicos Rio2016, após falharem a passagem aos 4,45 e 4,30 metros, respectivamente.

Recordista nacional com 4,51 metros, Marta Onofre, que se estreava em Jogos Olímpicos, passou à primeira tentativa a 4,15 e 4,30 metros, mas acabou por falhar os três saltos a 4,45.

Nos seus segundos Jogos, Maria Leonor Tavares, que tem um recorde pessoal de menos um centímetro do que a compatriota, passou à primeira a 4,15, mas não passou a fasquia a 4,30.

16 de agosto de 2016 às 15:02
Nelson Évora fora do pódio

Nelson Évora não conseguiu conquistar um lugar no pódio, depois de ter falhado os últimos três saltos na fase final do triplo salto.

O melhor salto do atleta português esta terça-feira, 16 de Agosto, foi de 17,03 metros, tendo terminado em sexto lugar. 

O norte-americano Christian Taylor revalidou o título, com 17,86 metros, e tal como em Londres2012 ficou à frente do compatriota Will Claye, com 17,76, com o chinês Dong Bin a fechar o pódio, com 17,58.

16 de agosto de 2016 às 14:49
Nelson Évora falha segundo salto

O segundo salto de Nelson Évora foi considerado nulo.

Ainda falta um salto. Para conseguir conquistar uma medalha, Nelson Évora terá de saltar, pelo menos 17,59 mentros. O melhor salto de hoje de Évora está nos 17,03m.

16 de agosto de 2016 às 14:44
Nelson Évora falha salto

Nelson Évora falhou o primeiro salto da segunda série de saltos da final do triplo salto.

16 de agosto de 2016 às 14:37
Nelson Évora entre os 8 que disputam medalha

Nelson Évora conseguiu apurar-se para a última fase da prova, em que apenas oito atletas tentam conquistar uma medalha. 

O atleta garantiu que continuava em prova depois de um salto de 17,03 metros. 

Recorde-se que Nelson Évora conquistou uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008, com um salto de 17,67 metros. 

16 de agosto de 2016 às 14:27
Nelson Évora salta 17,03 metros

No terceiro salto, Nelson Évora saltou 17,03 metros, estando em quinto lugar. 

Entre os 12 atletas que foram qualificados, passarão oito para a final, altura em que voltam a fazer três ensaios. 

16 de agosto de 2016 às 14:16
Fernando Pimenta termina final em quinto

Fernando Pimenta terminou a prova de K1 1000m em quinto lugar, ficando assim fora do pódio.

O canoísta português ficou a 3,902 segundos do espanhol Marcus Walz, medalha de ouro, em 3.31,447 minutos. 

16 de agosto de 2016 às 14:11
Segundo salto de Nelson Évora

Na segunda vez que saltou, na final do triplo salto, Nelson Évora percorreu uma distância de 16,93 metros. 

16 de agosto de 2016 às 14:02
Primeiro salto de Nelson Évora de 16,90 m

Nelson Évora já realizou o primeiro salto, tendo registado 16,90 m, menos do que a distância que lhe deu apuramento para a final (16,99 m).

16 de agosto de 2016 às 14:00
Francisca Laia termina em 16.º lugar

Francisca Laia, que ficou afastada da final A de k1 200m e, consequentemente, da hipótese de conquistar medalhas, terminou a final em último lugar.

A canoísta portuguesa Francisca Laia classificou-se assim no 16.º lugar na prova de K1 200 metros dos Jogos Olímpicos Rio2016. 

A medalha de ouro foi conquistada pela neozelandesa Lisa Carrington.

16 de agosto de 2016 às 11:00
O que se vai passar hoje nos Jogos Olímpicos

O 11.º dia de Jogos Olímpicos será marcado pela possibilidade de dois atletas portugueses poderem conquistar medalhas.

Nelson Évora vai discutir a final do triplo salto, a partir das 13:50. Se conseguir chegar ao pódio, o atleta conquistará a sua segunda medalha olímpica.

Fernando Pimenta entra na água às 14:12 para disputar a final de canoagem – K1 1000 metros. Ainda na canoagem, Francisca Laia, que não conseguiu ser apurada para a final, vai ainda entrar em competição, na final B de K1 200 metros, às 13:40.

No atletismo, Maria Leonor Tavares e Marta Onofre tentam passar a fase de qualificação do salto com vara, a partir das 13:45.


Luciana Diniz participa na segunda ronda de qualificação do salto de obstáculos, a partir das 14:00.

Jorge Lima e José Costa voltam a entrar na água para realizar o quarto dia de 49er, a partir das 17:00. 

16 de agosto de 2016 às 10:40
As prestações dos atletas portugueses até ao décimo dia

Tudo começou, mesmo antes da cerimónia de abertura, com o futebol. A selecção comandada por Rui Jorge entrou em prova a 4 de Agosto, defrontando, e derrotando, a Argentina. O mesmo aconteceu no jogo seguinte frente às Honduras, tendo garantido nesse mesmo dia a passagem aos quartos-de-final. No último jogo da fase de grupos, a selecção nacional defrontou a Argélia, tendo empatado o jogo 1-1. A selecção de futebol defrontou a Alemanha nos quartos-de-final, tendo perdido por 4-0.


No ciclismo, e na prova de estrada, o melhor registo foi de Rui Costa, que terminou a prova em décimo lugar. Portugal contou ainda com a presença de André CardosoJosé Mendes e Nelson Oliveira. Este último abandonou a prova, após uma queda. Já André Cardoso ficou em 36.º e José Mendes em 53.º lugar. No contra-relógio, Nelson Oliveira terminou a prova em sétimo lugar.

No ténisGastão Elias e João Sousa já foram eliminados, tanto nas provas individuais como na prova de pares. João Sousa, depois de ter vencido a primeira ronda frente ao holandês Robin Haase por 2-0, caiu aos pés do argentino Martin Del Potro, que tinha eliminado na prova Novak Djokovic. Gastão Elias também passou a primeira ronda, vencendo o australiano Thanasi Kokkinakis, mas Steve Johnson ditou a saída da prova do tenista português. Em pares masculinos, Gastão Elias e João Sousa venceram a primeira ronda a dupla eslovaca Andrej Martin e Igor Zelenay por 2-0, mas acabaram por ser eliminados na segunda ronda, ao perderem contra os canadianos Vasek Pospisil e Daniel Nestor.

Na nataçãoAlexis Santos bateu um novo recorde nacional nos 400 metros estilos, o que ainda assim não foi suficiente para ser apurado para a final, tendo ficado em 14.º lugar. O mesmo atleta, mas nos 200 metros, conseguiu apurar-se para as meias-finais, tendo sido eliminado após ficar em 12.º lugar. Diogo Carvalho também esteve nas eliminatórias desta disciplina, mas não conseguiu passar às meias-finais, tendo ficado em 19.º. Ainda nos 400 metros estilos, nos femininos, Victoria Kaminskaya, ficou em 28.º lugar. A mesma nadadora falhou o recorde nacional dos 200 metros estilos, e ficou no 35.º lugar. Nos 800 metros livresTamila Holub, ficou em 24.º, tendo sido eliminada. Vânia Neves disputou a final de natação em águas livres, tendo terminado a prova em 24.º.
 

João Costa ficou em 11.º lugar na prova de pistola de ar a 10m, não tendo conseguido apurar-se para a final. João Costa falhou também o apuramento na pistola de ar a 50 metros, tendo ficado em 11.º lugar. 

No ténis de mesaShao Jieni perdeu contra a norte-americana Lily Zhang por 4-0, tendo sido afastada da competição. Já Fu Yu também perdeu, na segunda ronda, contra a tailandesa  Nanthana Komwong por 3-4. Tiago Apolónia perdeu frente ao esloveno Bojan Tokic  por 4-1, ficando assim afastado da competição individual de ténis de mesa. Marcos Freitas, 11.º jogador mundial, apurou-se para os quartos-de-final, ao bater o ucraniano de origem chinesa Lei Kou, mas ficou por aí depois da derrota frente ao japonês Jun Mizutani. Portugal foi ainda eliminado no ténis de mesa - equipas masculinas, tendo perdido por 3-1 frente à Áustria.

No judoJoana Ramos perdeu na segunda ronda dos -52kg contra a chinesa Yingnan Ma. Assim como Sergiu Oleinic que também falhou a passagem para os quartos-de-final nos -66Kg, depois de ter perdido contra o dominicano Walter Mateo. Ambos ficaram em nono lugar na prova. Telma Monteiro conquistou a medalha de bronze, depois de ter derrotado no último combate a romena Corina Caprioriu. Enquanto Nuno Saraiva perdeu na categoria -73 kg frente ao húngaro Miklos Ungvari, tendo sido afastado da competição. Célio Dias foi eliminado na primeira ronda dos -90kg por Celtus Dossou Yovo, atleta do Benim. O judoca Jorge Fonseca foi eliminado na categoria de -100kg pelo checo Lukas Krpalek, com um wasari. 

Na ginásticaFilipa Martins conseguiu a melhor participação de sempre de uma ginasta portuguesa na prova de ginástica artística, tendo ficado em 37.º lugar, o que não foi suficiente para se apurar para a final. No trampolim, Ana Rente falhou as finais por quatro décimos, tendo ficado em 11.º lugar. Diogo Abreu foi afastado nas eliminatórias do trampolim, tendo terminado a prova em 16.º lugar.

José Carvalho chegou à final de canoagem slalom C1, terminando na nona posição. Francisca Laia conseguiu apurar-se para as meias-finais de K1 200 metros, mas falhou a passagem à final A, disputando a final B. Fernando Pimenta apurou-se para a final de K1 1000 metros, disputando a final esta terça-feira, 16 de Agosto.

Na velaJoão Rodrigues iniciou na segunda-feira, 8 de Agosto, a sua sétima e última participação olímpica, tendo terminado o dia em 18.º no RS:X. Já a velejadora portuguesa Sara Carmo concluiu o primeiro dia de regatas da classe Laser Radial na 34.ª posição. Gustavo Lima terminou na 14.ª posição as duas primeiras regatas da classe Laser. Já no segundo dia de regatas, o velejador João Rodrigues subiu ao 15.º lugar da classe RS:X dos Jogos Olímpicos Rio2016, enquanto Gustavo Lima caiu para a 21.ª posição de Laser e Sara Carmo subiu a 29.ª de Laser Radial. No terceiro dia de regatas, Gustavo Lima subiu para 16.º lugar e Sara Carmo subiu para a 26.ª posição. João Rodrigues terminou o terceiro dia a um lugar e a dois pontos da medal race. Gustavo Lima terminou o quarto dia de prova em 18.º. João Rodrigues despediu-se do Rio na 11.ª posição, falhando a medal race. Sara Carmo desceu para a 28.ª. Jorge Lima e José Costa estrearam-se com dois segundos lugares no dia 1 na classe 49er. No quinto dia de competição, Gustavo Lima caiu para 22.º e Sara Carmo para 27.º. Já Jorge Lima e José Costa caíram para 11.º lugar no segundo dia na classe 49er. No terceiro dia, os dois atletas terminaram a prova em 13.º.

Esta edição dos Jogos Olímpicos contou com a estreia do golfe, com Portugal a ser representado por dois atletas: Filipe Lima e Ricardo Melo Gouveia. O primeiro terminou o dia 1 do torneio com uma tacada abaixo do par, em 17.º lugar, tendo caído para 22.º, no segundo dia, e para 44.º no terceiro dia. Ao quarto, e último dia de competição, Filipe Lima, terminou em 48.º lugar. Já Ricardo Melo Gouveia terminou o primeiro dia com duas tacadas acima do par, em 40.º, tendo subido para 22.º no segundo dia e voltado a descer para 44.º no terceiro. No último dia este atleta terminou em 59.º.

Telma Santos, do badminton, perdeu frente à chinesa Li Xuerui por 2-0, na fase de grupos. O segundo jogo foi frente à americana Iris Wang tendo perdido por 2-1 e o terceiro foi frente à belga Lianne Tan, tendo perdido por 2-0, tendo assim terminado a sua prestação nos Jogos Olímpicos sem conseguir vencer qualquer jogo. Pedro Martins defrontou o canadiano Martin Giuffre, tendo perdido por por 2-1 o primeiro jogo da fase de grupos. No segundo jogo, o atleta português defrontou Ka Long Angus NG, de Hong Kong, tendo perdido por 2-0 e sido eliminado do torneio. 

O atletismo estreou-se com a presença de Salomé Rocha, nos 10.000 metros, com a atleta a terminar em 26.º. João Vieira e Sérgio Vieira diputaram os 20 km de marcha, ficando em 31.º e 53.º, respectivamente. Marta Pen terminou os 1.500 metros em 36.º lugar e Lorene Bazolo ficou em 28.º, ambas falhando a passagem às meias-finais. Cátia Azevedo ficou em 31.º lugar nos 400 metros, não tendo conseguido apurar-se. Patrícia Mamona e Susana Costa conseguiram apurar-se para as finais do triplo salto. Esta é a primeira vez que Portugal tem duas atletas na final desta modalidade. Patrícia Mamona terminou a final em 6.º lugar, tendo s
uperado o recorde nacional e ultrapassado o salto que lhe tinha dado o título europeu, ao fazer 14,65m. Susana Costa conseguiu o nono lugar com um salto de 14,12m, um valor ainda assim abaixo do seu recorde pessoal de 14,34m. Na maratona, Dulce Felix foi a única das três atletas portuguesas que terminou a prova, tendo ficado em 16.º. Jéssica Augusto desistiu perto do quilómetro 20, enquanto Sara Moreira desistiu ao quilómetro sete. Nelson Évora conseguiu apurar-se para a final do triplo salto, tentando conquistar uma medalha esta terça-feira. Lorene Bazolo voltou a competir, desta vez nos 200 metros, tendo terminado a prova em 30.º. Vera Barbosa também correu os 400 metros barreiras, tendo ficado em 32.º lugar. 

A cavaleira Luciana Diniz concluiu a primeira ronda de qualificação de saltos em 53.ª posição, tendo oito pontos de penalização.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI