Empresas Acusada de escravizar no Luxemburgo nas mãos da banca
Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium Se já é assinante, faça LOGIN

Acusada de escravizar no Luxemburgo nas mãos da banca

Acusada de escravizar trabalhadores portugueses no Luxemburgo, onde o fecho da sua filial foi judicialmente decretada há um ano, a Açomonta pede a salvação à banca, que detém 95% dos créditos de 25,6 milhões de euros.
Acusada de escravizar no Luxemburgo nas mãos da banca
A Açomonta - Sociedade de Armaduras, que tinha 36 trabalhadores ainda no ano passado, emprega agora apenas 15 pessoas.
Stringer/Reuters
Rui Neves 18 de outubro de 2017 às 22:45

O exercício de 2016 tinha fechado com prejuízos de quase 12 milhões de euros e uma facturação inferior a nove milhões, pouco mais de um terço do que dois anos antes. E a descida ao inferno económico-financeiro )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 22:00
Saiba mais
pub