Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AEP leva Marcelo e três ministros a Gaia para soprar 170 velas

O Presidente da República e os ministros Siza Vieira, Nelson de Souza e Vieira da Silva são quatro dos cerca de 200 convidados que vão participar no jantar comemorativo dos 170 anos da Associação Empresarial de Portugal (AEP), que se realiza esta terça-feira, 14 de maio.

A AEP, que é presidida por Paulo Nunes de Almeida, promove esta terça-feira, 14 de maio, um jantar comemorativo dos seus 170 anos de existência. Miguel Baltazar
Rui Neves ruineves@negocios.pt 14 de Maio de 2019 às 10:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) realiza esta terça-feira, 14 de maio, na Casa Ferreirinha, em Vila Nova de Gaia, um jantar comemorativo dos seus 170 anos de existência, que contará com cerca de duas centenas de convidados.

 

Além de empresários e de autarcas, representantes de associações, universidades e de outras instituições, marcarão também presença no jantar Marcelo Rebelo de Sousa, o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, o do Planeamento, Nelson de Souza, e o do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva.

 

Durante o repasto, a AEP vai entregar os diplomas de aniversário a três sócios - o de 50 anos à Solidal, o de 75 à Têxtil Manuel Gonçalves e o de 100 anos à Ach Brito, assim como distinguir como sócios honorários a Fundação de Serralves, o empresário António Mota (presidente da Mota-Engil) e José António Barros (ex-líder da AEP).

 

Recorde-se que, há cerca de um mês, a Associação Comercial do Porto (ACP) atribuiu a Medalha de Ouro da instituição ao atual presidente da AEP, Paulo Nunes de Almeida, como reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em prol da economia e do Norte do país.

 

"Têm sido cinco anos de trabalhos em rede, de cooperação e de uma aliança estratégica em prol da economia e do Norte, com resultados concretos, muito positivos, com conquistas bastante significativas", afirmou o presidente da ACP, Nuno Botelho, atribuindo "à dedicação, determinação e inteligência" de Nunes de Almeida "grande parte deste sucesso".

 

Na altura, o líder da ACP destacou as responsabilidades de Paulo Nunes de Almeida na reestruturação financeira da AEP.

 

"O mérito de termos hoje de novo uma AEP estabilizada, respeitada e preparada para o futuro é seu", considerou Botelho, dirigindo-se ao presidente da AEP.

Ver comentários
Saber mais aep 170 anos paulo nunes de almeida marcelo rebelo de sousa casa ferreirinha
Mais lidas
Outras Notícias