Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

As 10 maiores exportadoras e as 10 maiores importadoras de 2019

Saiba quais foram as empresas portuguesas que mais importações de bens fizeram e as que mais exportaram no ano passado.

1 - Volkswagen Autoeuropa

1 - Volkswagen Autoeuropa
2019 foi mais um ano de produção recorde na Autoeuropa, o que permitiu à empresa subir ao posto de maior exportadora do país. A fábrica de Palmela tinha sido a empresa mais exportadora do país entre, pelo menos, 2000 e 2005, mas o "título" escapava-lhe desde então.

2 - Petrogal

2 - Petrogal
A empresa do universo da Galp importa crude que é transformado em combustível nas refinarias de Sines e Leixões. O petróleo refinado é depois exportado. A Petrogal foi a maior exportadora de Portugal entre 2008 e 2018.

3 - The Navigator Company

3 - The Navigator Company
A ex-Portucel tem estado sempre nos últimos anos no pódio das empresas mais exportadoras. Em 2016 chegou a ultrapassar a Autoeuropa, mas em 2017, 2018 e 2019 manteve-se no terceiro lugar. No ano passado, as vendas totais (a maioria é para exportação) baixaram 0,2%, principalmente por causa da diminuição do preço de pasta e da procura por pasta e papel.

4 - Bosch Car Multimedia Portugal 

4 - Bosch Car Multimedia Portugal 
A fabricante de recetores de rádio e de televisão para automóveis marca presença no ranking das empresas que mais exportam em Portugal. Segundo o relatório e contas de 2017, a Bosch exportava 90% da sua produção para mais de 50 países.

5 - Continental Mabor - Indústria De Pneus

5 - Continental Mabor - Indústria De Pneus
A fabricante de pneus continua a ser a quinta maior exportadora do país. Do volume total de pneus vendidos cerca de 98% tiveram como destino a exportação para 67 países em 2017.

6 - Faurécia-Sistemas de Escape Portugal 

6 - Faurécia-Sistemas de Escape Portugal 
Presente em Portugal desde 1951, a Faurécia é uma das gigantes do setor automóvel no país, marcando presença frequente também no ranking das maiores exportadoras.

7 - PSA Automobiles

7 - PSA Automobiles
A fábrica de Mangualde da PSA entrou em 2019 para o ranking das maiores exportadoras, após vários anos de ausência. No ano passado, à semelhança da Autoeuropa, a fábrica produziu um número recorde de automóveis.

8 - Visteon Electronics Corporation

8 - Visteon Electronics Corporation
Mais uma empresa que está ligada ao setor automóvel e que tem estado presente frequentemente no ranking das maiores exportadoras. A Visteon está ligada ao fabrico de aparelhos de rádio e televisão, segundo a categoria em que está inserida no INE.

9 - Repsol Polímeros, S.A.

9 - Repsol Polímeros, S.A.
A Repsol Polímeros, que opera em Sines, produz matérias-primas que são utilizadas na produção de plásticos. A empresa exporta 90% da sua produção para mais de 60 países. 

10 - Aptivport Services

10 - Aptivport Services
A ex-Delphi Automotive consta do ranking pelo menos desde o início do século. A multinacional emprega cerca de 1.600 pessoas.

1 - Petrogal

1 - Petrogal
A empresa do universo da Galp importa crude que é transformado nas refinarias de Sines e Leixões. Como Portugal não tem explorações de petróleo, as importações são uma inevitabilidade. A Petrogal é a maior importadora de Portugal há vários anos.

2 - Transportes Aéreos Portugueses (TAP)

2 - Transportes Aéreos Portugueses (TAP)
A TAP entrou no ranking em 2017, reforçou a sua posição em 2018 e subiu para o segundo lugar em 2019. Este salto deve-se compra de aviões à francesa Airbus para a renovação de 30% da frota: entre janeiro e setembro de 2019, a empresa tinha gasto mil milhões de euros nessas compras. Além disso, empresa importa peças e motores para a manutenção de aviões de outras companhias, uma área de negócios que duplicou.

3 - Volkswagen Autoeuropa

3 - Volkswagen Autoeuropa
A produção em recorde exige também mais importações dado que no setor automóvel português o conteúdo importado pode chegar aos 70%. Os motores dos carros, por exemplo, que são montados na fábrica da Autoeuropa em Palmela são importados.

4- Galp Gás Natural

4- Galp Gás Natural
A Galp importa gás natural liquefeito (GNL) por via marítima através do terminal de Sines e também por gasodutos espanhóis. A maioria do gás natural é importado da Argélia e da Nigéria.

5 - Pingo Doce - Distribuição Alimentar

5 - Pingo Doce - Distribuição Alimentar
A importação de bens para venda nas lojas em Portugal tem valido um lugar no ranking das maiores importadoras ao Pingo Doce, que pertence à Jerónimo Martins. De acordo com dados da empresa, cerca de 20% das compras totais do grupo são feitas a fornecedores estrangeiros.

6 - Mercedes Benz Portugal

6 - Mercedes Benz Portugal
A Mercedes Benz vendeu 19.021 veículos em 2019. Apesar de vender menos que alguns concorrentes (como por exemplo a Renault), o preço dos automóveis é, no geral, superior, o que engorda as exportações da empresa.

7 - Lidl & Companhia

7 - Lidl & Companhia
Tal como o Pingo Doce, a cadeia alemã importa bens que depois vende nas lojas portuguesas. 

8 - Faurécia-Sistemas de Escape Portugal Lda

8 - Faurécia-Sistemas de Escape Portugal Lda
A multinacional francesa é uma das principais exportadoras, mas também está no top das maiores importadoras. 

9 - Peugeot Citroen Automóveis Portugal / PSA

9 - Peugeot Citroen Automóveis Portugal / PSA
Apesar de ter uma denominação diferente, o Negócios confirmou junto da empresa que são a mesma. Tal como ocorre com a Autoeuropa, muitas das peças dos automóveis têm de ser importados. Ao entrar no top das maiores exportadoras, a PSA entra também no top das maiores importadoras.

10 - Renault

10 - Renault
A marca de automóveis francesa é a mais vendida em Portugal. Em 2019, a Renault vendeu 37.557 carros. Além de importar os carros para venda, a empresa também importa peças para concessionárias e oficinas da marca.
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A Autoeuropa voltou a liderar o ranking das 10 maiores exportadoras de Portugal, o que não acontecia desde 2005. Esta é uma das principais novidades dos dados sobre as empresas com mais exportações e importações de 2019 que o Instituto Nacional de Estatística (INE) forneceu a pedido do Negócios.

Entre 2018 e 2019, os rankings das 10 maiores importadoras e das 10 maiores exportadoras não mudaram de forma drástica, mas há pequenas alterações a notar. 

Do lado das exportações, a fábrica de Palmela da Autoeuropa registou um recorde de produção e tirou a Petrogal (Galp) da liderança que mantinha há dez anos consecutivos. Também num ano de recorde de produção, a fábrica de Mangualde da PSA entrou para o sétimo lugar. Os restantes mantiveram-se no ranking. 

Do lado das importações, o top continua a ser liderado pela Petrogal, que compra crude ao exterior para refinar. A surpresa está no segundo lugar que agora é ocupado pela TAP por causa da compra de aviões à Airbus com o objetivo de renovar 30% da frota. Com a entrada no ranking das exportações, a PSA também entra no das importações dado o elevado conteúdo importado, levando à saída do BMW.
Ver comentários
Saber mais Exportadoras importadoras comércio internacional de bens empresas exportações importações
Mais lidas
Outras Notícias