Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Diários de economia crescem 12%

A média de vendas conjunta do Jornal de Negócios e do "Diário Económico" cresceu 12,4% entre Janeiro e Outubro deste ano. Os dois diários de economia venderam nesse período um média próxima dos 22 mil exemplares por edição, contra os 19 mil do período homólogo.

Adriano Nobre anobre@mediafin.pt 29 de Dezembro de 2008 às 13:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A média de vendas conjunta do Jornal de Negócios e do “Diário Económico” cresceu 12,4% entre Janeiro e Outubro deste ano. Os dois diários de economia venderam nesse período um média próxima dos 22 mil exemplares por edição, contra os 19 mil do período homólogo.

Segundo os dados da APCT, o “Diário Económico” vende agora uma média de 13.427 exemplares por dia, mais 14,1% do que no ano anterior. No Jornal de Negócios o crescimento foi de 9,8%, para uma média de 8.387 jornais por edição.

No bimestre Setembro/Outubro, o último analisado pela APCT, o ganho homólogo nas vendas destes dois títulos aumenta para 17,2%, totalizando uma média de circulação paga superior a 24 mil exemplares por dia. O maior crescimento neste período verifica-se no Jornal de Negócios, com um ganho de 18,6% para uma média de vendas de 9.541 jornais por edição. O “Diário Económico” cresce 16,4%, para 14.923 exemplares diários.

Nas restantes publicações de economia, destaque para os crescimentos homólogos de 15,2% na “Executive Digest” e de 11,4% no “Semanário Económico” entre Janeiro e Outubro deste ano. Em sentido contrário, a revista “Exame” apresenta um recuo homólogo de 15%.a

Ver comentários
Outras Notícias