Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Directora-geral da Microsoft Portugal ruma em direcção ao Brasil

A actual directora-geral da Microsoft Portugal, Cláudia Goya, vai deixar o País e assumir o cargo do chief operating officer no Brasil, confirmou ao Negócios, fonte oficial da subsidiária.

Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 06 de Julho de 2012 às 11:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...
Há três anos em Portugal, Cláudia Goya aceitou o desafio internacional e vai para a sede da Microsoft em São Paulo, reportando directamente a Michel Levy, CEO da Microsoft Brasil.

“Internamente teremos o controlo do director-geral do Benelux, Phillipe Togge, até à escolha do novo director-geral, mas não irá participar na nova escolha”, explicou Patricia Fernandes, porta-voz da subsidiária nacional, em declarações ao Negócios.

Cláudia Goya sai de Portugal já com o ano fiscal fechado, rumando ainda durante o Verão para o Brasil. A subsidiária nacional começará agora a procura do novo líder.

A ainda directora-geral da Microsoft Portugal veio subsituir Nuno Duarte, em 2009. A Microsoft depois de uma selecção onde avaliou candidatos internos e externos, acabou por escolher umc olaborador que já estava na subsidiária desde Março de 2008.

CláudiaGoya entrou na empresa como directorade negócio emarketing, tendo trabalhado anteriormente na Galp Energia, na Oniway e na Procter& Gamble.

Este é o quarto director-geral da Microsoft que é “exportado” para assumir um cargo internacional na multinacional norte-americana. Rodrigo Costa, actual presidente da Zon, foi o primeiro director-geral, tendo liderado a abertura da subsidiária em Portugal, saiu em 2001.

Foi precedido por João Paulo Girbal, que já estava na empresa e que ficou até 2006, para rumar em direcção aos EUA. Depois chegou Nuno Duarte, vindo da Novabase que ficou até sair para o Japão.
Ver comentários
Saber mais Microsoft Portugal Cláudia Goya Brasil software
Mais lidas
Outras Notícias