Indústria Fecho de fábrica na Alemanha custa 8 milhões à Sonae Indústria. Tafisa também afeta contas

Fecho de fábrica na Alemanha custa 8 milhões à Sonae Indústria. Tafisa também afeta contas

A Sonae Indústria emitiu um comunicado onde prepara os investidores para uma quebra dos seus resultados no ano passado. Em causa estão dois fatores: o fecho de uma fábrica na Alemanha, cujo custo ascende a 8 milhões, e uma “menor rentabilidade operacional” da Tafisa.
Fecho de fábrica na Alemanha custa 8 milhões à Sonae Indústria. Tafisa também afeta contas
Christopher Lawrie, CFO da Sonae Indústria
Paulo Duarte
Sara Antunes 19 de fevereiro de 2019 às 17:20
A Sonae Indústria anunciou que será encerrada uma fábrica da LaminatePark, uma parceria entre a Sonae Arauco e a Tarkett, até ao final do ano. Este encerramento já foi refletido nas contas de 2018, tendo um custo estimado de oito milhões de euros para a Sonae Indústria.

A fábrica da LaminatePark em Eiweiler, na Alemanha, vai encerrar no final de 2019, o que terá um impacto significativo nas contas da Sonae Indústria, de acordo com um comunicado emitido pela empresa portuguesa para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A LaminatePark resulta de uma parceria entre a Sonae Arauco e a Tarkett, pelo que o fecho de uma unidade tem um impacto nas contas da casa-mãe Sonae Indústria.

"A Sonae Arauco reconheceu uma perda por imparidade nas suas contas consolidadas pela totalidade do valor contabilístico no final de 2018 do investimento no empreendimento conjunto LaminatePark e do seu empréstimo de acionista àquela empresa (não auditado)", explica a Sonae Indústria no comunicado.

"O impacto desta perda por imparidade nos resultados consolidados da Sonae Indústria (considerando o método de equivalência patrimonial da Sonae Arauco nos resultados consolidados da Sonae Indústria) é um custo estimado em cerca de 8 milhões de euros", adianta a empresa.

A Sonae Indústria explica ainda que há outra questão a pesar nas contas do último trimestre de 2018. A empresa antecipa uma "menor rentabilidade operacional" da Tafisa Canadá devido a um "incêndio na maior das suas duas linhas de aglomerado de partículas que ocorreu na segunda metade de novembro", ao mesmo tempo que os custos de manutenção aumentaram.

Assim, estes dois fatores terão reflexos nos resultados do quarto trimestre da Sonae Indústria, com a empresa a prever que o EBITDA caia para 4,0 milhões de euros, o que compara com os 7,3 milhões registados no ano anterior e com os 8,6 milhões observados nos três meses anteriores.

A Sonae Indústria emitiu assim um alerta aos acionistas sobre os resultados mais de um mês antes do dia em que vai revelar os seus números referentes a 2018. A data de apresentação de resultados da empresa está agendada para dia 27 de março.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI