Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundadores da Coverflex vencem Prémio João Vasconcelos

D.R.
Negócios jng@negocios.pt 27 de Setembro de 2022 às 23:11
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

 O prémio Empreendedor do Ano 2022 foi atribuído a Miguel Santo Amaro, Rui Carvalho, Tiago Fernandes, Luís Rocha e Nuno Pinto.

 

Miguel Santo Amaro, Rui Carvalho, Tiago Fernandes, Luís Rocha e Nuno Pinto, fundadores da Coverflex, são os vencedores do Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano 2022.

 

O prémio foi hoje entregue a Miguel Santo Amaro durante os Entrepreneurship Awards. Durante a sessão, foram também entregues os Prémios do melhor pitch entre os finalistas dos candidatos a Empreendedor do Ano e o da Startup Mais Promissora da Startup Lisboa.

 

Nesta terça-feira juntaram-se empreendedores, investidores, parceiros e público interessados em assistir aos Entrepreneurship Awards, iniciativa da incubadora de empresas Startup Lisboa em parceria com o Google for Startups com o objetivo de celebrar o empreendedorismo e promover e dar voz aos empreendedores e ao trabalho que desenvolveram ao longo do ano.

 

O evento teve três momentos a destacar: a cerimónia de entrega do Prémio João Vasconcelos - Empreendedor do Ano 2022, o Demo Day da Startup Lisboa, onde algumas das startups da incubadora apresentaram as soluções que estão a desenvolver, e sessões trazidas pelo Google for Startups sobre tópicos relevantes para o empreendedorismo nacional.

 

Empreendedor do Ano

 

Fundada em 2019, a Coverflex é uma solução de compensação flexível que permite às empresas reduzir custos e maximizar os ganhos potenciais dos trabalhadores.

 

Nos primeiros meses de funcionamento, a Coverflex adquiriu a Colmena e a Flexben, consolidando a sua liderança do mercado nacional e acelerando assim a sua entrada no mercado espanhol.

 

Com 48 pessoas na equipa, mais de 270 empresas clientes e mais de 6.000 empregados a utilizar a plataforma, a Coverflex prepara-se agora para a sua expansão internacional.

 

Miguel Santo Amaro, o co-fundador e CEO da Coverflex que recebeu o prémio em nome dos fundadores, esteve na génese do ecossistema empresarial quando fundou a Uniplaces em 2011. Mais tarde juntou-se à Shilling como partner para liderar um dos fundos de capital de risco mais ativos do país, com mais de 30 milhões de euros sob gestão. Foi um dos membros fundadores do Fórum Económico Mundial em

Portugal e faz parte do conselho estratégico da Startup Portugal e da Câmara Municipal do Porto.

 

"O Prémio João Vasconcelos – Empreendedor do Ano é simbólico porque representa todo o trabalho que a Coverflex faz e que obviamente partilho com toda a equipa e com os co-fundadores. Somos os cinco quem construiu tudo desde o início. Tenho também um sentimento especial pelo João Vasconcelos, meu amigo e mentor que me trouxe do Porto para Lisboa, no início da Uniplaces. Por isso, este prémio tem também um carácter emocional", disse Miguel Santo Amaro, citado em comunicado.

 

O prémio de Empreendedor do Ano foi entregue pelo Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e por Bernardo Correia, Country Manager do Google Portugal, entidade parceira desta edição, tendo o valor monetário de 10.000 euros.

 

Entre os finalistas estavam também: Afonso Pinheiro (Pleez), Miguel Alves Ribeiro (SheerMe), Fred Antunes (RealFevr), Nuno Fernandes (Zomato Portugal) e Sanja Kon

(Utrust).

 

Os vencedores deste prémio que encerrou os Entrepreneurship Awards foram eleitos entre seis finalistas que fizeram pitch perante um júri constituído por Francisco Sá (IAPMEI), Bernardo Correia (Google), Gil Azevedo (Startup Lisboa), Margarida Figueiredo (CML), Inês Sequeira (Casa do Impacto) e a vencedora da edição anterior, Joana Rafael, fundadora da Sensei.

 

Melhor Pitch

 

Durante a entrega do Prémio João Vasconcelos, foi também entregue o Prémio de Melhor Pitch de entre os finalistas, a Fred Antunes, CEO da RealFevr.

 

Esta iniciativa, com um prémio de 2.500 euros destinado a ser doado a uma organização ou ação social à escolha do vencedor, destinou-se a distinguir a melhor apresentação em palco e o prémio foi atribuído por uma pool de jornalistas presente no evento.

 

Startup Mais Promissora

 

O júri constituído por investidores nacionais e internacionais escolheu a AssetFloow como a Startup Mais Promissora da Startup Lisboa de entre as 15 startups que fizeram pitch, havendo um prémio monetário de 5 mil euros.

 

A AssetFloow é o primeiro e único software de Inteligência Artificial comportamental que fornece métricas sobre os movimentos de compradores dentro de lojas, sem depender de câmaras ou outros sensores, para otimizar o layout e aumentar organicamente as vendas.

 

Durante o Demo Day, subiram também a palco as startups Alice Camera, breathing.ai, Crowdclass, Flair,Inductiva, Interface, Intuitivo, KIT-AR, Oligo, The Newsroom, Tokapi, UnicornConnect, Unlockit, WingDriver.

 

O Prémio João Vasconcelos - Empreendedor do Ano foi criado pela Startup Lisboa em 2019 para promover um espírito de iniciativa, fomentar e promover a inovação e valorizar os empreendedores de acordo com o potencial do seu negócio e perfil de liderança, homenageando também o papel de João Vasconcelos, o primeiro diretor executivo da incubadora, no crescimento do ecossistema.

 

O Prémio conta já com três vencedores das edições passadas: Daniela Braga, fundadora e CEO da Defined.ai e vencedora em 2019, André Jordão, fundador da Barkyn e vencedor em 2020, e Joana Rafael, Nuno Moutinho, Paulo Carreira e Vasco Portugal, fundadores da Sensei e vencedores em 2021.

Ver comentários
Outras Notícias