Empresas Ministro inaugura parque em Vila Real que funciona há já um ano

Ministro inaugura parque em Vila Real que funciona há já um ano

Caldeira Cabral inaugura, na sexta-feira, o Regia-Douro Park, parque de ciência e tecnologia de Vila Real, a funcionar há já cerca de um ano. Com perto de 80% de ocupação, tem 30 empresas e cerca de 100 trabalhadores.
Ministro inaugura parque em Vila Real que funciona há já um ano
Rui Neves 17 de maio de 2016 às 12:17

O parque de ciência e tecnologia de Vila Real, denominado Regia-Douro Park, vai ser finalmente inaugurado, um ano depois de ter começado a funcionar. A cerimónia está marcada para a próxima sexta-feira, dia 20, e contará com a presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Nesta altura, o Regia-Douro Park apresenta uma taxa de ocupação de cerca de 80%, contando já com 30 empresas instaladas e perto de uma centena de trabalhadores.

Promovido pelo município de Vila Real, pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e pela Portuspark, uma entidade de capitais privados que gere uma rede de incubadores no Norte do país, o Regia-Douro Park envolveu um investimento de cerca de 9,5 milhões de euros, que foram financiados em 85% pelo Programa Operacional Norte (fundos comunitários do anterior quadro comunitário).

O Regia-Douro Park está direccionado para as áreas agro-alimentar, agro-industrial, enologia, viticultura, economia verde, valorização ambiental e tecnologias agro-ambientais, contando ainda com várias valências de suporte dirigidas a empreendedores, empresas e investigadores nacionais e internacionais.

Esta infra-estrutura contempla uma incubadora-aceleradora de empresas, um centro de negócios, lotes industriais um pólo tecnológico de excelência – no caso, o Centro de Excelência da Vinha e do Vinho (CEVV), "complexo laboratorial de excelência tecnológica" dinamizado pela UTAD e instituições parceiras, direccionado para a investigação, desenvolvimento e apoio às empresas nos sectores da vitivinicultura, agro-alimentar e ambiente, com âmbito de actuação nacional e internacional.

Já o parque empresarial e industrial, que é composto por 26 lotes, perfazendo um total de cerca de 10 hectares, está direccionado para a instalação de empresas nos sectores agro-alimentar, vitivinícola e ambiental, "estando o loteamento dotado de infra-estruturas, arruamentos, vedação e segurança".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI