Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Turismo rejeita aumento do salário mínimo em 2021

O presidente da CTP assegura que as empresas não têm condições para pagar um salário mínimo mais elevado no próximo ano, uma medida já admitida por António Costa.

A carregar o vídeo ...
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
"Não é razoável" aumentar o salário mínimo em 2021. Em entrevista ao Negócios e à Antena 1, o presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, é claro e frisa que não há condições para atualizar o salário mínimo no próximo ano, tendo em conta a quebra na atividade da maioria das empresas provocada pela pandemia.

"Estamos a falar de empresas fechadas, que estão com zero atividade. Não deve haver aumento neste momento, face ao que está a acontecer com a pandemia", afirma Francisco Calheiros.

O presidente da CTP admite, ainda assim, que esse aumento poderá ser estudado no próximo ano, dependendo da evolução da atual crise económica. "Se a situação se alterar, por que não?", resume.

A mesma postura é adotada em relação às reivindicações do PCP quanto a alterações na legislação laboral, nomeadamente no que diz respeito ao aumento do número de dias de férias ou ao alargamento das 35 horas de trabalho ao setor privado. "Há uns que sabem que não é possível, que é o nosso caso, e há outros que, sabendo que não é possível, reivindicam na mesma".
Ver comentários
Saber mais conversa capital francisco calheiros confederação do turismo português salário mínimo pandemia
Mais lidas
Outras Notícias