Empresas Venda de livros em Portugal caiu 3% em 2015

Venda de livros em Portugal caiu 3% em 2015

No ano passado, foram vendidos 12,5 milhões de livros em Portugal, no valor de 147 milhões de euros. "A Rapariga no Comboio", da britânica Paula Hawkins, foi o livro preferido dos portugueses.
Venda de livros em Portugal caiu 3% em 2015
Bloomberg
Rita Faria 25 de fevereiro de 2016 às 18:27

A venda de livros em Portugal caiu no ano passado. De acordo com a GfK, que monitoriza a indústria literária em vários países europeus e no Brasil, foram comercializados em Portugal mais de 12,5 milhões de livros em 2015, um decréscimo de 3% face ao ano anterior.

 

As vendas, a nível nacional, atingiram um total de 147 milhões de euros.

 

De acordo com a análise da GfK, os dois títulos que dominaram o mercado literário a nível mundial foram "As Cinquenta Sombras de Grey" e "A Rapariga no Comboio".

 

O primeiro, da autoria de E. L. James, foi o título de ficção mais vendido no Reino Unido, Brasil, Itália, Polónia e Áustria, o segundo nos Estados Unidos, Holanda e França, o terceiro na Suécia e o quarto em Portugal.

 

O segundo título mais comercializado a nível mundial, "A Rapariga no Comboio", da britânica Paula Hawkins, foi o maior êxito de vendas em Portugal, em 2015. Atingiu o segundo lugar no Reino Unido e Espanha, e o terceiro nos Estados Unidos e Itália.

 

Na Alemanha, o número um de vendas foi "Die Betrogene", da autoria de Charlotte Link. Na Suíça, por seu lado, os leitores preferiram o livro "Montecristo", de Martin Suter. A estudante de medicina, Giulia Enders, conseguiu o primeiro lugar em não-ficção na Alemanha, França, Áustria e Suíça com o seu "A Vida Secreta dos Intestinos", publicado em 2014. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI