Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vieira da Silva não adianta data para a privatização da EDP

O ministro da Economia afirmou que a privatização da eléctrica vai depender da situação dos mercados. Veja aqui o vídeo.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 14 de Dezembro de 2010 às 12:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"Como tem sido afirmado pelo Governo e pelo ministro das Finanças, que tem esse dossier, o conjunto de empresas que estão previstas avançar no processo de privatização estão definidas", referiu Vieira da Silva à margem da conferência "Portugal Global" organizada pelo Negócios.

O ministro da Economia acrescentou ainda que o "ritmo desse processo será marcado pela avaliação que o Governo fizer a cada momento" e dependerá da "situação dos mercados".

O Negócios noticia na sua edição de hoje que a Parpública falhou uma tentativa de colocação colocação particular de obrigações convertíveis da EDP, no âmbito da oitava fase de privatização da eléctrica. A "holding" de capitais públicos fez uma sondagem ao mercado internacional para aferir do interesse de alguns bancos em comprarem obrigações convertíveis da EDP. Segundo apurou o Negócios, a Parpública recebeu poucas manifestações de interesse e a preços que não agradaram.

A Parpública tentou colocar 4% a 5% da EDP, numa emissão de cerca de 500 milhões de euros. O Governo já aprovou a oitava fase de privatização da eléctrica, para um montante de 10%, que estaria avaliado em cerca de 980 milhões de euros.

Embora esta tenha sido uma sondagem ao mercado, este falhanço pode significar que a privatização da EDP não se realizará este ano. Ficará, assim, por cumprir o calendário previsto pelo Governo para as alienações.



.
Ver comentários
Saber mais ministro da Economia EDP privatização da EDP Vieira da Silva Parpública
Mais lidas
Outras Notícias