Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP conclui venda à Total de carteira de ativos em Espanha por 515 milhões

No passado dia 28 de agosto, a Comissão Europeia aprovou a aquisição, pela petrolífera francesa Total, de uma carteira de ativos da elétrica portuguesa EDP em Espanha, por concluir que a operação não suscitava "preocupações em matéria de concorrência" a nível europeu.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 01 de Dezembro de 2020 às 18:39
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

A EDP – Energias de Portugal concluiu, no seguimento da informação comunicada ao mercado a 18 de maio, a venda à petrolífera francesa Total de um portfólio de activos térmicos e clientes de comercialização de energia em Espanha, por um enterprise value de 480 milhões de euros, informou a elétrica portuguesa em comunicado divulgado na CMVM.

 

O portfólio alienado inclui duas centrais a gás (Castejón I & III), com capacidade instalada de 843 MW, e a actividade de comercialização B2C em Espanha, que inclui 1,2 milhões de clientes em mercado liberalizado.

 

A transação vai permitir à Total tornar-se na quarta maior empresa do mercado espanhol no subsetor do gás, com uma quota de 12%.

A empresa portuguesa também vai transferir os 280 trabalhadores que fazem a gestão das atividades adquiridas pela companhia petrolífera francesa, segundo a informação divulgada pela empresa francesa em maio e citada pela Lusa.

A operação é complementar à entrada da Total no mercado espanhol de energia solar em fevereiro último com uma carteira de projetos fotovoltaicos, na fase de desenvolvimento, de quase dois gigawatts e significa "continuar o crescimento na cadeia de valor integrado do gás e da eletricidade em Espanha", referia a mesma nota.

Também em maio, a EDP disse que continuaria a investir em Espanha em novas centrais de energia renovável e na transformação de centros de produção já existentes, como a Central de Aboño (Astúrias), assim como a melhorar as redes elétricas e a oferecer uma ampla gama de serviços às empresas. No país vizinho, a elétrica portuguesa vai continuar a empregar mais de 1.550 pessoas.

 
No comunicado de hoje é também referido que, no seguimento do exercício pela distribuidora de eletricidade CIDE do seu direito de preferência para a aquisição da participação de 50% da EDP na sua joint-venture para a comercialização de energia no segmento B2C em Espanha (CHC Energia), a EDP e a CIDE chegaram a um acordo para a aquisição por parte da CIDE da participação de 50% da EDP na CHC Energia, que deverá ser concluída em fevereiro de 2021 por um equity value de 35 milhões de euros, acrescenta o comunicado.

 

"A transacção hoje concluída enquadra-se no reposicionamento do portfólio da EDP no mercado ibérico, com uma redução da exposição a produção térmica e atividades liberalizadas", remata o documento.

Assim, com a venda à Total das duas centrais a gás e de parte da carteira comercial em Espanha, a EDP vai encaixar 515 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais EDP Total Espanha Portugal B2C CIDE CHC Energia energia
Outras Notícias