Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Caso EDP: Elétrica “não fez nem tem intenções de fazer provisões”, diz CEO

Miguel Stilwell de Andrade sublinha que o calendário para o desfecho do caso EDP é “incerto”. Mas a empresa, apesar de ter sido constituída arguida, não tem intenções de fazer quaisquer provisões.

Ricardo Almeida/Correio da Manhã
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 04 de Setembro de 2020 às 13:32
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
A EDP foi constituída arguida no mesmo processo que envolve António Mexia, presidente executivo da elétrica agora suspenso. Porém, Miguel Stilwell de Andrade, presidente executivo interino, mostrou-se confiante no desfecho do caso e durante a conferência telefónica com analistas sublinhou que neste momento não têm "provisões nem intenções de ter provisões" no âmbito deste processo.

Em julho passado, a EDP foi notificada do estatuto de arguida no âmbito da constituição de Artur Trindade como arguido. Em causa estão suspeitas de que Artur Trindade, quando foi secretário de Estado no Governo de Passos Coelho, terá ajudado a EDP, com o compromisso de, mais tarde, assumir um cargo no OMIP, o que aconteceu em 2016. Também teria, segundo o Ministério Público, contribuído para que a EDP contratasse o pai (que tem o mesmo nome).

Questionado sobre o calendário previsto para a conclusão do processo que levou à suspensão de António Mexia e de Manso Neto, presidente executivo da EDP Renováveis, respondeu que é "incerto". "Mas não esperamos novidades a curto prazo", até porque "os processos judiciais em Portugal demoram alguns anos. Sobre este assunto, não há novidades, não tenho muito mais a acrescentar", afirmou.

A EDP fechou o primeiro semestre deste ano com um resultado líquido de 315 milhões de euros, o que corresponde a uma queda de 22% face ao mesmo período do ano passado.

A elétrica agora liderada por Miguel Stilwell de Andrade justifica a evolução dos resultados com o impacto da pandemia da covid-19, que se refletiu principalmente nas contas do segundo trimestre.

Ver comentários
Saber mais António Mexia Miguel Stilwell de Andrade EDP energia
Mais lidas
Outras Notícias