Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp lança empresa para vender painéis solares

A Galp criou uma nova empresa para o mercado ibérico para comercializar soluções de autoconsumo para famílias e empresas com base em tecnologia que permite identificar o "potencial de cada instalação".

Bruno Simão/Negócios
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 08 de Outubro de 2020 às 11:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Galp Energia decidiu apostar no autoconsumo no âmbito da estratégia de reforçar o investimento em energias limpas. Esta aposta foi concretizada através da criação de uma nova empresa, a EI - Energia Independente, que vai vender painéis fotovoltaicos em Portugal e Espanha a famílias e empresas.

Numa conferência online, Ignacio Madrid, presidente executivo da nova empresa, começou por sublinhar que o que distingue a EI de outras empresas que já operam neste segmento há vários anos é a plataforma tecnológica que "permite identificar o potencial de cada instalação".

Em causa está a tecnlogia eiTech2Perform que através de imagens de satélite, algoritmos de inteligência artificial e big data ajuda os consumidores a escolher a melhor localização para a instalação de painéis solares de acordo com as suas necessidades de consumo. Além disso, disponibiliza um simulador que permite  "a cada utilizador introduzir a sua morada num mapa, selecionar o espaço no telhado e comunicar o seu consumo aproximado em menos de um minuto". Com estes dados, a plataforma oferece um primeiro orçamento aproximado e uma indicação de possíveis poupanças.

Ignacio Madrid não tem dúvidas que "o mercado está preparado para a chegada da EI". E prova disso, segundo o responsável, são os 200 clientes já angariadas no âmbito do projeto piloto. Quanto a estimativas de vendas e futuros clientes, Ignacio Madrid prefere não se comprometer com números. 

A empresa detida a 100% pela Galp garante uma rentabilidade entre os 15% e os 25% e o retorno do investimento no prazo de 5 a 7 anos para o caso de instalações comerciais e industriais.

Ver comentários
Saber mais Galp energia autoconsumo
Outras Notícias