Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSD vai pedir à ERSE análise sobre mecanismo ibérico e o seu impacto nas faturas

Na visão do vice-presidente do PSD, o mecanismo travão é opaco, muito completo e levanta muitas dúvidas". "Temos de saber quanto vamos pagar", disse Miguel Pinto Luz,.

Miguel Pinto Luz, ex-líder da distrital do PSD-Lisboa. O actual número dois na câmara de Cascais é um desconhecido fora do aparelho social-democrata. Contudo, o fazedor de líderes Miguel Relvas lançou o nome de Pinto Luz como possível candidato à liderança do PSD, considerando-o 'uma pessoa muito sólida'. MIguel Pinto Luz tem-se posicionado opondo-se à estratégia de aproximação de Rio ao PS.
Bárbara Silva barbarasilva@negocios.pt 02 de Agosto de 2022 às 13:52
  • Partilhar artigo
  • 10
  • ...
O PSD anunciou esta terça-feira que vai pedir à Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos uma análise séria sobre a aplicação prática e as implicações para os consumidores do mecanismo ibérico que impõe um limite máximo ao preço do gás usado para produzir eletricidade em centrais térmicas. E alerta para que seja dada "mais atenção" a esta matéria.  

"Para esclarecer qual é o verdadeiro efeito do mecanismo travão nos preços a pagar por todos os consumidores -- domésticos, industriais, de contratos fixos ou não -- o PSD vai solicitar de imediato à ERSE que seja feita e publicada uma análise séria sobre este tema. O Governo e a ERSE devem proteger os consumidores. Temos de saber quanto vamos pagar", disse Miguel Pinto Luz.

E frisou: "O regulador tem de dar uma resposta célere, não pode ter férias. O mecanismo travão é opaco, muito completo e levanta muitas dúvidas". Os sociais-democratas defendem que a taxa do IVA da luz seja reduzida para que as faturas possam baixar. 

Em reação ao despacho emitido esta terça-feira pelo gabinete do primeiro-ministro relativo à Endesa, o  vice-presidente do PSD diz tratar-se de uma "reação a quente à entrevista do presidente desta empresa [Nuno Ribeiro da Silva] à comunicação social", dizendo que as faturas da luz vão aumentar 40% devido ao mercanismo ibérico em vigor e ao pagamento do valor de ajuste que resulta da diferença entre o preço do gás em mercado e do preço do gás depois de aplicado o chamado "travão". 

"São declarações que não agradaram ao Governo, que em resposta condiciona todas as compras e relações do Estado com esta empresa. Não gostou do que ouviu e então castigou. Uma reação típica e habitual deste Governo de navegação à vista, de muitos tweets mas poucas soluções para quem precisa, que são os consumidores", disse o número dois do PSD, acrescentando: "É uma postura inaceitável, com laivos quase persecutórios, claramente uma intromissão nas regras de mercado. Um despacho dirigido a uma empresa e não aos portugueses, com soluções para os seus problemas". 

O despacho do Governo obriga a que a partir de agora todas as faturas enviadas pela elétrica espanhola para os serviços da administração direta e da administração indireta do Estado sejam validadas previamente por despacho do Secretário de Estado do Ambiente e da Energia, João Galamba, antes de serem pagas. 

Algo que o PSD considera como um "atestado de incompetência à Administração Pública", como se não fosse capaz de "garantir a qualidade do gasto público". 

"A maioria absoluta do Partido Socialista não pode ser confundida com poder absoluto", acrecentou. 
Ver comentários
Saber mais PSD ERSE Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos Governo Estado energia política
Outras Notícias