Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Casafari: Vendas de casas caíram mas preços mantiveram-se estáveis até maio

A plataforma Casafari, que agrega ofertas de imóveis, afirma que os preços se mantiveram estáveis apesar do abalo da pandemia.

Despejos que coloquem habitação em risco devem ser suspensos, defendem representantes dos inquilinos.
Sérgio Lemos
Negócios jng@negocios.pt 09 de Junho de 2020 às 10:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Embora a redução nos imóveis em oferta para venda, de fevereiro até maio, tenha sido em torno de 60%, os preços médios mantiveram-se estáveis, diz a plataforma Casafari.

Desde fevereiro, mês em que se verificou o pico, até maio os apartamentos retirados e vendidos na Internet recuaram 60% em Lisboa e Faro e 62% no Porto. Também os novos imóveis disponíveis viram uma quebra no mesmo período, de 9% em Lisboa, 5% no Porto e 3% em Faro.

Contudo, "os preços por metro quadrado mantiveram-se estáveis", garante a Casafari.

No mercado de arrendamento, após uma descida, registou-se um aumento da oferta (21,43% no Porto, 1,44% em Lisboa e 13,35% em Faro) nos últimos meses, sendo que os preços das rendas mantiveram-se estáveis. "Um dos efeitos mais diretos provocado pela pandemia consistiu na canalização de apartamentos de alojamento local para o mercado de arrendamento", lê-se no comunicado enviado às redações.

Estes dados são retirados da que a Casafari descreve como a maior base de dados de anúncios de propriedades à venda ou para arrendar, num total de mais de 5,8 milhões de propriedades únicas agregadas de mais de 9.500 fontes, incluindo sites de imobiliárias e portais imobiliários.

Ver comentários
Saber mais Casafari Faro Lisboa Porto economia negócios e finanças construção e obras públicas imobiliário
Mais lidas
Outras Notícias