Indústria Actividade da indústria britânica atingiu máximo de dez meses em Agosto

Actividade da indústria britânica atingiu máximo de dez meses em Agosto

O índice que mede a actividade das fábricas do Reino Unido cresceu em Agosto, dois meses após o Brexit, quando os economistas antecipavam que continuasse abaixo dos 50 pontos, um nível que indica contracção.
Actividade da indústria britânica atingiu máximo de dez meses em Agosto
Reuters
Rita Faria 01 de setembro de 2016 às 10:55

A actividade das fábricas do Reino Unido atingiu um máximo de dez meses, em Agosto, com a queda da libra a beneficiar as empresas exportadoras, depois do referendo sobre o Brexit.

O índice PMI para a indústria, da IHS Markit, subiu para 53,3 pontos, em Agosto, depois de ter baixado a barreira dos 50 pontos (que traça a fronteira entre contracção e expansão) no mês de Julho.

A evolução da actividade da indústria foi mais positiva do que era esperado, já que os economistas antecipavam uma leitura de 49 pontos, que a colocaria em contracção - como acontece nos valores abaixo de 50.

Segundo a Markit, a subida foi impulsionada pelo crescimento das novas encomendas, que beneficiaram da descida da libra britânica, "de longe o principal motor" da melhoria das exportações.

"As empresas relataram que o trabalho que tinha sido adiado no mês de Julho já foi reiniciado, com os fabricantes e os seus clientes a começarem a recuperar um sentido de regresso à normalidade", afirma Rob Dobson, economista da Markit, citado pela Bloomberg.

Inicialmente, o resultado do referendo sobre o Brexit deprimiu os índices de confiança e de produção, levando o Banco de Inglaterra a reforçar os estímulos à economia logo no mês seguinte. Desde então, estes índices recuperaram parcialmente, embora persista a incerteza sobre a forma como o Reino Unido vai sair da União Europeia.

A primeira-ministra Theresa May já garantiu que não vai tentar manter o Reino Unido na UE pela "porta dos fundos". Numa reunião do Conselho de Ministros esta quarta-feira, reiterou que "Brexit significa Brexit" e que o Governo vai cumprir a vontade dos eleitores.

A libra britânica sobe 0,78% para 1,3240 dólares. Desde o referendo de 23 de Junho, acumula uma desvalorização de 11% face à divisa norte-americana. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI