Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Castelbel recruta CEO que fez carreira no grupo Louis Vuitton

Américo Pinheiro, que durante quase duas décadas geriu várias marcas do Louis Vuitton Moët Hennessy em Lisboa, Madrid e Paris, é a escolha do Fundo Vallis para substituir Marta Araújo na liderança da fabricante de sabonetes.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 30 de Julho de 2020 às 11:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Américo Pinheiro é o novo presidente da comissão executiva da Castelbel, sucedendo a Marta Araújo, que estava no cargo desde 2018 e vai permanecer na empresa do Castêlo da Maia como diretora de marketing, comunicação e vendas, passando a administradora não executiva.

Formado em Gestão e Administração de Empresas na Universidade Católica, o novo gestor da fabricante nortenha começou a carreira profissional em 1994 na Jerónimo Martins, foi diretor de marca na L’Oréal e no início do século ingressou no atual grupo LVMH, de origem francesa e especializado em artigos de luxo.


Nas quase duas décadas que passou nesta "holding", Américo Pinheiro começou como responsável pelas marcas Guerlain, Loewe e Acqua di Parma em Portugal, seguiu depois para Madrid onde ocupou o cargo de diretor-geral da Givenchy Parfums em Espanha e acabou como diretor das subsidiárias europeias e latino-americanas da Louis Vuitton Moët Hennessy Fragrance Brands, sediada em Paris.

Possui um historial de sucesso no que toca a crescimento e rentabilidade, o que faz dele a escolha acertada para liderar a Castelbel nesta nova etapa. Pedro Gonçalves, presidente do conselho de administração da Castelbel

Numa mensagem enviada ao Negócios, o presidente do conselho de administração da Castelbel, Pedro Gonçalves, destaca o contributo de Marta Araújo no "crescimento substancial" do negócio nos últimos anos e, no sucessor, a passagem por "algumas das mais ilustres marcas no setor do luxo" e o "historial de sucesso no que toca a crescimento e rentabilidade, o que faz dele a escolha acertada para liderar [a empresa] nesta nova etapa".

Exportadora na mão do Fundo Vallis
A produtora e distribuidora de sabonetes e outros produtos de higiene pessoal e para o lar com as marcas Castelbel e Portus Cale é atualmente controlada pelo Fundo Vallis, que em junho de 2016 comprou uma participação de 60%. Foi fundada por três sócios em 1999, dos quais apenas Aquiles Araújo Barros se mantém na estrutura acionista, como o minoritário de maior relevo.

Obrigada a encerrar temporariamente a fábrica durante a pandemia devido à queda acentuada das encomendas, a empresa conta neste momento com 180 trabalhadores. Além da loja online e de espaços próprios no Porto e Lisboa, está presente em 400 pontos de venda em Portugal e em perto de mil no estrangeiro.

Marta Araújo liderou a Castelbel nos últimos dois anos.
Marta Araújo liderou a Castelbel nos últimos dois anos.


No ano passado, o volume de negócios teve um crescimento homólogo de 20% e chegou aos 13,6 milhões de euros. Cerca de 75% das receitas são obtidas através da exportação para mais de 60 países, com destaque para os mercados dos Estados Unidos da América e o Reino Unido.

Ver comentários
Saber mais indústria castelbel sabonetes maia Américo Pinheiro Louis Vuitton gestão Marta Araújo fundo vallis pedro gonçalves
Mais lidas
Outras Notícias