Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa do norte quer faturar oito milhões à boleia de telhados solares

O Grupo Valente & Lopes desenvolve estruturas metálicas com painéis solares. Tem atualmente uma faturação de 5,5 milhões de euros, mas quer chegar aos oito milhões em 2022.

Telhado solar no Continente do Grupo Valente Lopes
DR
Marta Velho martavelho@negocios.pt 02 de Outubro de 2021 às 20:16
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

O Grupo Valente & Lopes, sediado na Murtosa, está a caminho dos oito milhões de euros de faturação, graças ao sucesso da venda de estruturas metálicas com painéis solares, com painéis fotovoltaicos, que permitem não só o sombreamento, como a produção de energia.

O produto, desenvolvido de raíz pela empresa há três anos, tem servido sobretudo para os estacionamentos das grandes superfícies e lojas de retalho, onde o grupo já era líder ibérico, com estruturas em clientes como Continente, Auchan, Aki, Leroy Merlin, Hospital de Santa Maria, IPO, entre outros.

Os telhados solares nas coberturas dos estacionamentos são "um produto feito totalmente de raiz, no nosso país e, sobretudo, numa altura em que tanto se fala quer de sustentabilidade (energias renováveis) e no aumento do preço da eletricidade. Uma das vantagens deste tipo de estrutura é mesmo esse: permite gerar energia e inclusive vendê-la" indica fonte da empresa ao Negócios. "A nossa faturação ronda neste momento os 5,5 milhões de euros, mas prevemos o crescimento até aos 8 milhões até final de 2022."

 

O Grupo Valente & Lopes tem 26 anos de existência e atua em seis áreas de negócio: metalomecânica, coberturas, solar, engenharia & construção, mecânica e equipamentos jetwas. Em todas elas tem marcas e patentes registadas. Com 120 funcionários, atua maioritariamente em Portugal, mas também em Espanha, França, Marrocos, Bélgica e Suécia. 

Ver comentários
Outras Notícias