Indústria Espanhola Sherpa compra fabricante portuguesa de tapetes de luxo

Espanhola Sherpa compra fabricante portuguesa de tapetes de luxo

A “private equity” espanhola Sherpa Capital adquiriu a maioria do capital da Tapeçarias Ferreira de Sá, de Espinho, que se apresenta como líder europeia na produção de tapetes de luxo, exportando 80% da sua produção.
Espanhola Sherpa compra fabricante portuguesa de tapetes de luxo
Rui Neves 06 de novembro de 2019 às 15:07

A Louis Vuitton, a Dior, a Nespresso, a Volvo e a cadeia hoteleira Sheraton são alguns dos clientes de uma fabricante de tapetes de luxo de Espinho, criada em 1946 por Joaquim Ferreira de Sá, que viria mais tarde a ser liderada pela sua filha, Maria Carlinda, que em 2006 deixou a liderança da Tapeçarias Ferreira de Sá a Fernanda Barbosa, a mais velha dos seus cinco filhos.

 

Após 73 anos nas mãos do clã Ferreira de Sá, a empresa, que emprega cerca de 150 pessoas, foi agora maioritariamente adquirida pela "private equity" espanhola Sherpa Capital, que, em comunicado, enfatiza que a família fundadora continuará na companhia como "acionista minoritária e envolvida na gestão dos negócios".

 

Sem revelar o valor da operação nem dados financeiros da Ferreira de Sá, a Sherpa Capital afirma que a sua entrada na empresa portuguesa visa reforçar a gama de produtos da fabricante de tapeçarias e a sua capacidade de produção, de forma a dar ainda mais ênfase à sua vocação internacional, garantindo que esta exporta mais de 80% do que produz.

 

Este é o primeiro investimento direto fora de Espanha de um fundo administrado pela Sherpa Capital, uma "private equity" que se diz "focada em empresas de médio porte com 250 milhões de ativos sob gestão".

 

Apresentando a Ferreira de Sá como "líder europeia na produção de tapetes feitos sob medida para móveis de luxo e setor da decoração", a Sherpa Capital afirma que a empresa espinhense "destaca-se no mercado pela customização dos seus produtos de acordo com a necessidade de cada cliente, pela qualidade dos projetos e pela equipa e processos de produção, que combinam tecnologia de ponta com artesanato".

 

"A chegada da Sherpa Capital à nossa empresa reforça o nosso projeto de crescimento internacional e consolida ainda mais nossa posição como líder europeu na fabricação de tapetes de luxo", afirma Fernanda Barbosa, CEO da Ferreira de Sá.

"Acreditamos que a experiência e o suporte da Sherpa Capital são uma ótima ferramenta para alcançar os objetivos do nosso plano de negócios e posicionar a Ferreira de Sá como um dos principais fornecedores de luxo em nível global", acrescenta a mesma empresária.

 

Já Lars Becker, sócio da Sherpa Capital, considera que este investimento "fortalecerá a posição de Ferreira de Sá no mercado", querendo a nova dona da companhia portuguesa "reforçar as vantagens competitivas da empresa, como qualidade do produto e velocidade do serviço".

 

"Além disso, ao longo do projeto, contaremos com a ampla experiência da atual equipa de gestão - família fundadora -, que continuará a liderar o trabalho diário da Ferreira de Sá", sublinha Becker.

 

A operação foi assessorada pela EY (consultor financeiro) e a RRP Advogados (consultor jurídico), pela parte da Ferreira de Sá, tendo o BiG e a Deloitte atuado como consultores financeiros, e a Cuatrecasas como assessor jurídico, para a Sherpa Capital.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI