Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Google perto de acordo com media franceses sobre lei dos "direitos conexos"

A Google e uma parte substancial dos órgãos de comunicação social de França estão em conflito por causa do modo como aplicar a legislação europeia vulgarmente conhecida como os "direitos conexos".

2.º Google: 159,72 mil milhões de dólares
Peter Power/Reuters
Lusa 07 de Outubro de 2020 às 23:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Google está perto de um acordo com a Aliança da Imprensa de Informação Geral de França, que agrega vários órgãos de comunicação social, sobre a legislação dos "direitos conexos", na véspera da decisão judicial sobre este litígio.

"As nossas discussões (...) podem permitir validar os princípios-chave de um acordo", indica a gigante tecnologia norte-americana, em comunicado divulgado hoje e citado pela agência France-Presse (AFP).

A nota também cita o líder do grupo Les Echos - Le Parisien, Pierre Louette, que também é o negociador principal deste acordo com a Google. Louette explicita que a tecnológica dos Estados Unidos da América "aceitou (...) tornar realidade os direitos conexos".

A Google e uma parte substancial dos órgãos de comunicação social de França estão em conflito por causa do modo como aplicar a legislação europeia vulgarmente conhecida como os "direitos conexos".

Esta legislação dita que a Google tem de ressarcir os órgãos de comunicação social quando utiliza o conteúdo das publicações francesas nas próprias páginas, como, por exemplo, o serviço de notícias Google News.

"As últimas semanas permitiram esclarecer muitos pontos e confirmar que a Google aceita o princípio de remuneração dos nossos títulos de imprensa", acrescenta Louette.

Por seu turno, o CEO da Google France, Sébastien Missoffe, enalteceu os desenvolvimentos "das negociações realizadas nos últimos meses" com os responsáveis dos vários media franceses.

O responsável disse que a empresa está empenhada em "garantir a continuidade" de acesso a "conteúdos [jornalísticos] de qualidade".
Ver comentários
Saber mais Google News Pierre Louette França media
Mais lidas
Outras Notícias