Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

SimpleTax: A empresa inglesa que nasceu da Modelo3

Primeira empresa portuguesa a integrar o Seedcamp em Londres, promete ajudar os "recibos verdes" a pouparem nos impostos.

Ana Pimentel 28 de Março de 2013 às 15:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Mark Hodges, Pratik Samprat, Celso Pinto e João Neves | Poupar no IRS é a questão.

 


Projectos Modelo3 e SimpleTax
Área de actividade Tecnologias de informação
Sítio www.modelo3.pt e www.gosimpletax.com
Por que participou no Seedcamp "Queríamos expandir a Modelo3. Em Portugal, existem cerca de 120 mil a 150 mil recibos verdes. Em Inglaterra, são 5,4 milhões", afirma Celso Pinto.
O que ganhou "Tivemos acesso a contactos, uma rede de pessoas para nos ajudar e lançámos o serviço em três meses".

 

 

Celso Pinto estava a trabalhar a recibos verdes quando percebeu que não existia qualquer "software" que ajudasse os trabalhadores independentes a pouparem no IRS. "Construi a minha própria alternativa, que acreditava ser mais fácil de utilizar e de entender do que o sistema que está em vigor", conta.


Lançou a Modelo3 em Março de 2012, com três amigos com a poupança que tinha amealhado até então. Três meses depois, decidiu expandir o negócio para o mercado britânico. Porquê a terra de Sua Majestade? "Porque cerca de 5,4 milhões de pessoas trabalham por conta própria."


Antes de lançar o serviço em Portugal, Celso Pinto participou numa edição do Seedcamp em Paris. Apesar de ter sido um dos projectos seleccionados, não chegou a receber financiamento. A incubação no programa de aceleração e o lançamento da SimpleTax, versão inglesa da Modelo3, só surgiu quando venceram o Seedcamp Londres.


A possibilidade de participar no evento surgiu depois de Celso Pinto ter procurado a ajuda de Philipp Moehring, do Seedcamp, para entrar em contacto com "freelancers" do Reino Unido. Em Setembro, voou à capital britânica, encontrou-se com os responsáveis pelo fundo e explicou-lhes a estratégia que tinha para lançar o serviço. Participou no Seedcamp Londres no final desse mês e venceu.


"Não estávamos à espera de ganhar nada, o nosso objectivo era recolher o máximo de contatos possível para fazermos o lançamento do produto", conta o empresário de 35 anos. Até ao final de 2012, conseguiu fechar a ronda de financiamento, atingir os objectivos a que se tinha proposto e lançar o sítio. Foram investidos cerca de 250 mil euros no projecto.


"Temos aprendido com os responsáveis do Seedcamp diariamente, o que se traduz na actividade da empresa. A sua experiência permite detectar padrões e quando percebem que algo não funciona, avisam", conta.


Em Portugal, a Modelo3 tem quase 50 mil utilizadores. Para Inglaterra, Celso Pinto não avança com números, mas revela que, se um contribuinte a recibos verdes português consegue poupar, em média, 290 euros se utilizar o serviço, no Reino Unido, esta poupança chega às 2.000 libras, cerca de 2.300 euros.

 

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias