Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO do Google recebe prémio de 380 milhões esta semana

Sundar Pichai recebeu acções em 2014 quando assumiu o cargo de vice-presidente do Google e agora pode recolher os benefícios.

A 24 de Janeiro o presidente da Google, Sundar Pichai, também terá palco no Forum de Davos.
Negócios com Bloomberg 23 de Abril de 2018 às 16:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Antes de ser promovido em 2014 para o cargo de vice-presidente do Google, Sundar Pichai recebeu 353.939 acções da cotada. Estas não podiam ser movimentadas e só esta semana ficam disponíveis para venda.

 

A forte subida dos títulos desde então elevou o valor de mercado deste prémio para 380 milhões de dólares, noticia a Bloomberg, dando conta que esta compensação é uma das maiores dos últimos anos que é atribuída a um único gestor.

 

Pichai assumiu em 2015 o cargo de CEO do Google, sendo que desde então recebeu mais dois prémios através da atribuição de acções, cada um deles na casa dos milhões de dólares. As acções que foram atribuídas em 2014 dizem respeito à compensação por Pichai assumir o cargo de vice-presidente com o pelouro dos produtos da tecnológica, assumindo assim grande parte das funções do co-fundador Larry Page. Desde essa altura as acções da Alphabet ("holding" entretanto criada para agrupar as várias empresas do grupo) quase duplicaram, o que exacerbou o valor do prémio que Pichai tem agora disponível esta semana.

 

Apesar do elevado valor, este prémio de Pichai está longe de ser o maior de sempre em Wall Street. A Bloomberg dá conta que em 2016 os CEO das empresas do S&P 500 (as 500 maiores dos EUA) receberam em média um prémio de 16,2 milhões de dólares através da atribuição de acções.   

 

E o sector tecnológico é onde os prémios são mais elevados. O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, obteve um prémio de 2,28 mil milhões de dólares quando exerceu 60 milhões de opções sobre acções da rede social, no âmbito da entrada em bolsa da cotada em 2013.

 

Elon Musk, CEO da Tesla, auferiu 1,34 mil milhões de dólares quando exerceu 6,71 milhões de opções, sendo que mais de metade do dinheiro foi utilizado para pagar uma factura fiscal acima de 500 milhões de dólares.

Ver comentários
Saber mais Tesla Mark Zuckerberg Google Sundar Pichai Larry Page Alphabet Wall Street
Mais lidas
Outras Notícias