Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Netflix volta a ganhar assinantes e anima investidores. Ações disparam 15,5% no "after-hours"

Empresa norte-americana somou 2,41 milhões de subscritores no terceiro trimestre. Previsões para o trimestre atual são positivas.

DR
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 18 de Outubro de 2022 às 22:14
  • Partilhar artigo
  • ...

Após dois trimestres a perder subscritores, a Netflix retornou ao crescimento. A empresa, que fornece um serviço de streaming de filmes e séries de televisão, somou 2,41 milhões de subscritores no terceiro trimestre, superando as suas próprias previsões e as do mercado.

O número de subscritores do serviço de streaming avançou em todas as regiões, com a empresa a esperar que o quarto trimestre seja ainda mais risonho, com um aumento de 4,5 milhões de clientes a nível global. A recuperação  de subscritores coloca fim à debandada dos últimos trimestres, em que perdeu cerca de 1,2 milhões de subscritores na primeira metade do ano, dos quais 970 mil entre abril e junho.

Os resultados, divulgados esta terça-feira após o fecho da negociação, revelam também um aumento das receitas: cresceram 5,9% face ao trimestre homólogo para 7.925 milhões de dólares. No acumulado dos nove meses, as receitas cresceram 8% para 23.763,5 milhões de dólares.

Já os lucros caíram 3,5% face ao trimestre anterior para os 1,4 mil milhões de dólares. No total dos nove meses a queda foi de 1,6% no período homólogo para os 4.436,6 milhões de dólares.

Os resultados trimestrais animaram os investidores, tendo as ações da empresa valorizado 15,5% no "after-hours", ou seja, depois da negociação já encerrada. Neste momento, cada título da norte-americana vale 275,35 dólares. 

No fecho da sessão, ainda antes de serem conhecidos os resultados, a empresa norte-americana caía 1,73%, para 240,86 dólares.


Ver comentários
Saber mais Netflix streaming tecnologia earnings season trimestre
Outras Notícias