Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reino Unido permite papel limitado da Huawei na rede de 5G

O Reino Unido contraria o apelo dos Estados Unidos para que a tecnológica chinesa seja totalmente banida da construção da rede 5G, embora imponha restrições a esta intervenção.

EPA
Negócios jng@negocios.pt 28 de Janeiro de 2020 às 12:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O Governo britânico afirmou, esta terça-feira, 28 de janeiro, que vai permitir que a chinesa Huawei participe na construção da rede de 5G no país, embora com restrições.

Os operadores que, como a Huawei, são considerados de "alto risco" vão estar excluídos da intervenção em redes centrais e sensíveis, enquanto que no restante território vão ter um teto de 35% para o seu contributo, avança a Reuters.

A vontade dos Estados Unidos era que o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, banisse por completo a intervenção da Huawei no país, alegando que a tecnológica chinesa pode utilizar o respetivo equipamento para aceder a segredos das potências ocidentais. Acusações que são negadas pela Huawei.

A decisão do Reino Unido pode prejudicar a relação com os Estados Unidos, numa altura em que estes países estão em conversações com vista a selar um acordo comercial que modele as trocas entre ambos depois de os britânicos abandonarem a União Europeia.

O Brexit acontecerá a 31 de janeiro, no mesmo dia em que se espera a visita ao país do secretário de Estado norte-americano Michael Pompeo. 

Ver comentários
Saber mais Reino Unido Huawei 5G Governo Estados Unidos política diplomacia relações internacionais
Mais lidas
Outras Notícias